Mais uma morte e 268 novos casos de Covid-19 em Portugal

Desde o início da pandemia já 840.008 pessoas ficaram infetadas, das quais 16.994 morreram com a doença.

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) desta terça-feira confirma mais 268 infetados com SARS-CoV-2 em Portugal, o que eleva o número total de casos para 840.008. Trata-se de um aumento de 0,03%. Desde o início da pandemia já morreram 16.994 pessoas com Covid-19, das quais uma nas últimas 24 horas.

Segundo os dados da DGS, há mais 661 recuperados, elevando o número total para 801.306 O número de casos ativos diminuiu para 21.708 (menos 394).

Entre os casos ativos, a maioria encontra-se a recuperar da infeção em casa. Porém, estão ainda 257 pessoas hospitalizadas (menos 20 que no dia anterior), das quais 71 em unidades de cuidados intensivos (menos duas).

Boletim de 11 de maio:

A única morte verificada nas últimas 24 horas ocorreu na região Norte. O Norte é também a região com maior número de contágios, tendo registado 88, logo seguido por Lisboa e Vale do Tejo (84). O Centro confirmou 27 novos casos, os Açores 26, a Madeira 16, o Algarve 15 e o Alentejo 12.

O boletim epidemiológico indica ainda que há menos 1.375 pessoas sob vigilância ativa das autoridades de saúde, depois de terem contactado com outro caso positivo. No total, estão 19.699 pessoas nesta situação.

(Notícia atualizada às 14h13)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mais uma morte e 268 novos casos de Covid-19 em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião