Receios com a inflação ditam quedas em Wall Street

Tendência negativa nas tecnológicas espalhou-se para outros setores. Principais índices de referência terminaram dia em "terreno" vermelho.

Wall Street fechou mais uma sessão em baixa, num dia marcado por reviravoltas nos mercados. A gigantes tecnológicas arrancaram o dia com quedas expressivas, devido às preocupações com o aumento da inflação, tendência que acabou por se espalhar para o resto do mercado. No entanto, as cotadas do setor começaram a recuperar perto do final da sessão. A mudança não foi ainda assim suficiente para dar ganhos ao índice tecnológico.

As ações tecnológicas começaram a desvalorizar no início deste ano, com o aumento dos receios relacionados com a inflação e taxas de juros mais altas. As cotadas orientadas para o crescimento tendem a ser mais atingidas pelo aumento das taxas, à medida que corroem o valor dos ganhos futuros.

No final desta sessão, as tecnológicas acabaram por inverter, mas a tendência foi ainda assim negativa. O industrial Dow Jones perdeu 1,36% para 34.270,61 pontos, enquanto o S&P 500 caiu 0,87% para 4.152,1 pontos. Já o tecnológico Nasdaq encerrou em baixa de 0,09% para 13.389,43 pontos, depois de ter chegado a cair mais de 2% no início da sessão.

Nas quedas, destaque para a Boeing, que caiu 1,75% para os 228,88 dólares. A fabricante de aviões anunciou que as entregas do 737 MAX caíram para apenas quatro aparelhos em abril devido a um problema elétrico.

Entre as tecnológicas, a Apple perdeu 0,74% para os 125,91 dólares, enquanto a Amazon subiu 1,05% para os 3.223,91 dólares e o Facebook avançou 0,18% para os 306,53 dólares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Receios com a inflação ditam quedas em Wall Street

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião