Reservas de voos da TAP do Reino Unido para Portugal disparam 119%

Para dar resposta ao reforço da procura causado pela entrada de Portugal na lista verde do Reino Unido, companhia aérea vai aumentar "consideravelmente" a oferta de voos entre os dois países em junho.

As reservas de voos da TAP entre Portugal e Reino Unido dispararam 119% com a entrada na “lista verde” britânica. É a partir da próxima semana que cidadãos britânicos podem viajar para Portugal sem terem de fazer quarentena à chegada e, tal como outras companhias aéreas já fizeram, a empresa portuguesa decidiu reforçar a oferta para responder à forte procura tanto para o aeroporto de Lisboa como do Porto.

“A inclusão de Portugal na green list de destinos de Inglaterra tem obviamente um impacto positivo na procura de voos entre o Reino Unido e Portugal. Nos últimos três dias (7, 8 e 9 de maio), o volume de reservas para voos da TAP entre os dois países mais que duplicou, face ao conjunto dos três dias (4, 5 e 6 de maio) imediatamente anteriores à inclusão de Portugal na green list. O crescimento no número de reservas foi de 119%“, diz a TAP ao ECO.

Nem todos os países europeus estão nesta lista, que inclui apenas 12 países e territórios. Foi a 8 de maio que Boris Johnson revelou o levantamento das restrições de viagens a partir de dia 17 de maio. Os ingleses passam a poder fazer viagens não essenciais e Portugal está de “portas abertas” para os turistas. A lista em causa é apenas aplicada a Inglaterra, mas Portugal já era também considerado um país seguro para os galeses e escoceses.

Além da decisão, a TAP atribui o aumento da procura também a uma campanha promocional do destino Portugal a que deu início no mercado inglês, com o moto Unlock Portugal. Para dar resposta, a companhia aérea vai “aumentar consideravelmente a sua oferta de voos entre os dois países já no mês de junho”.

Entre Lisboa e Londres/Heathrow, a TAP vai passar a operar 19 voos semanais (face aos atuais 10 voos por semana). Já entre a capital portuguesa e o aeroporto londrino de Gatwick, vai passar a voar cinco vezes por semana, quando atualmente a oferta nessa rota é nula. De Lisboa para Manchester, passa para 16 voos por semana (dos atuais seis). Entre o Porto e Londres Gatwick, serão operados sete voos semanais a partir de junho (contra quatro atualmente).

A TAP não é a primeira companhia aérea a anunciar um ajustamento da operação. No próprio dia em que o anúncio foi feito, a easyJet disponibilizou 80 mil lugares extra nos voos entre os dois países, além de ter relançado a rota entre Newcastle e Faro. Da mesma forma, a Ryanair reforçou as operações com 175 mil lugares extra do Reino Unido para Porto, Lisboa ou Faro a partir de 17 de maio.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Reservas de voos da TAP do Reino Unido para Portugal disparam 119%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião