Encontro de Davos em Singapura cancelado. Evento presencial só em 2022

O encontro de Davos, que normalmente decorre em janeiro de cada ano, foi adiado para agosto em Singapura, mas acaba de ser cancelado. O evento presencial fica adiado para 2022.

O encontro anual do Fórum Económico Mundial que junta os mais poderosos e os mais ricos de todo o mundo realiza-se em Davos (Suíça) todos os anos em janeiro. Contudo, a pandemia veio trocar as voltas à organização, tendo esta decidido adiar o evento para agosto e mudar o local para Singapura. Mas essa alternativa acaba de ser cancelada e o evento presencial foi adiado para 2022.

A notícia foi inicialmente avançada esta segunda-feira pela Bloomberg, que citava um porta-voz do Fórum Económico Mundial, tendo depois sido divulgado um comunicado em que a organização diz que estava a organizar o evento há três meses, mas que não havia alternativa ao cancelamento.

“Lamentavelmente, as circunstâncias trágicas que se desenrolam em várias geografias, as perspetivas incertas sobre viagens, as diferentes velocidades do processo de vacinação e a incerteza à volta das novas variantes tornam impossível fazer este encontro global com líderes de empresas, Governos e sociedade civil de todo o mundo na escala em que tinha sido planeado”, explica o Fórum Económico Mundial.

Assim, não haverá encontro anual presencial este ano, ficando este adiado para o primeiro semestre de 2022. A localização final do encontro e a data irá ser determinado com base na avaliação que a organização fará no final do verão deste ano à situação epidemiológica.

Foi uma decisão difícil“, diz Klaus Schwan, fundador e o presidente executivo do Fórum, citado no comunicado, argumentando que a “saúde e a segurança de todos” era a “principal prioridade” da organização. Neste momento, Singapura está a registar um aumento no número de casos por Covid-19 nas últimas semanas, o que levou o Governo a introduzir mais restrições e controlos nas fronteiras externas.

Em janeiro houve um encontro do Fórum Económico Mundial, mas exclusivamente digital, tendo contado com a presença de António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas, e Cláudia Azevedo, CEO da Sonae. A versão presencial do encontro foi inicialmente adiada para maio e posteriormente para 17 a 20 de agosto em Singapura, o qual agora é também cancelado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Encontro de Davos em Singapura cancelado. Evento presencial só em 2022

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião