Mais de 10 milhões já responderam aos Censos. Inquérito dura até ao final do mês

O INE já recebeu respostas de mais de quatro milhões alojamentos de residência habitual para a maior operação estatística nacional. Fase de respostas termina no final do mês.

mais de dez milhões de pessoas responderam aos Censos 2021, número que corresponde a mais de quatro milhões de alojamentos de residência habitual. A resposta à maior operação estatística nacional este ano é feita preferencialmente pela Internet e até 3 de maio, prazo que foi prolongado até ao final deste mês.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) contabiliza respostas de 10.109.895 pessoas, que responderam de 4.042.557 alojamentos de residência habitual, de acordo com a plataforma dos Censos. Segundo as estimativas anuais da população residente mais recentes do INE, Portugal tem cerca de 10,3 milhões de habitantes, pelo que já não falta muito para que todas as respostas sejam contabilizadas.

Este ano, os recenseadores do INE deixaram cartas pelas caixas de correio do país com códigos e passwords para as pessoas responderem aos Censos através da Internet. A partir de dia 19 de abril, os portugueses começaram a responder ao questionário dos Censos, colocando os códigos na plataforma online.

A grande maioria das respostas, mais de nove milhões, chegou na primeira fase do Censos 2021, que terminou a 3 de maio. O primeiro dia desta campanha foi mesmo dos mais intensos em termos de respostas, sendo que nessa manhã o INE estava a receber cerca de 130 respostas aos Censos por minuto.

No entanto, continuam a chegar ao INE inquéritos preenchidos por estes dias, sendo que os recenseadores também foram fazer visitas aos alojamentos que ainda não tinham preenchido o questionário, ou foi feito um aviso de contacto.

Cada carta corresponde a um alojamento, onde terão de responder a questões como quantas pessoas vivem lá, as respetivas profissões e o tamanho do alojamento em metros quadrados. Os inquéritos podem ser entregues até ao final deste mês, sendo que deve ter em atenção que não responder dá direito a multa.

Quem não conseguir responder online aos Censos 2021 tem outras opções: dirigir-se à Junta de Freguesia (com a carta que recebeu do INE), aguardar pela visita do Recenseador atribuído à sua área ou fazê-lo por telefone (se não conseguir online e por motivos de saúde ou isolamento), ligando para a Linha de Apoio.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mais de 10 milhões já responderam aos Censos. Inquérito dura até ao final do mês

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião