INE prolonga até 31 de maio entrega dos Censos pela internet

Pode continuar a entregar os Censos pela internet até ao dia 31 de maio. Instituto Nacional de Estatística (INE) decidiu alargar o prazo, confirmou o ECO.

Se não entregou o inquérito dos Censos dentro do prazo preferencial, que terminou esta segunda-feira, poderá fazê-lo até ao dia 31 de maio. Este é o novo prazo de entrega pela internet definido pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), confirmou ao ECO fonte oficial da instituição.

O INE divulgou um balanço do processo censitário na segunda-feira, dando conta de que 82% dos alojamentos que receberam carta com o código que permite o preenchimento já responderam aos Censos pela internet, representando mais de nove milhões de pessoas recenseadas.

No comunicado, lê-se que, “até ao final do mês, os alojamentos que ainda não responderam vão receber um aviso de contacto ou a visita do recenseador a lembrar a necessidade de resposta aos Censos”. No entanto, a nota não indicava, de forma explícita, que o INE continuava a aceitar a entrega de inquéritos pelo portal digital.

O instituto apresenta agora anúncios na página dos Censos, nos quais se lê que é possível entregar o inquérito através da plataforma até 31 de maio. 90% dos inquéritos recebidos pelo INE foram submetidos por esta via, sendo o “modo de resposta preferencial”, segundo o instituto. Contactada pelo ECO, fonte oficial do instituto confirmou que a entrega dos Censos 2021 pela internet pode ser feita até 31 de maio.

O prolongamento surge depois de surgirem queixas de cidadãos que não conseguiram entregar os Censos na plataforma, embora essa não tenha sido dada como justificação para a prorrogação.

Os problemas terão começado a verificar-se depois de a Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) ter obrigado o INE a cancelar um contrato de prestação de serviços com a empresa norte-americana Cloudflare, que geria a segurança e fiabilidade da plataforma do INE.

O ECO questionou recentemente o INE sobre as queixas de problemas na entrega dos inquéritos, mas não obteve resposta até ao fecho deste artigo.

(Notícia atualizada pela última vez às 13h05)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

INE prolonga até 31 de maio entrega dos Censos pela internet

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião