Economia puxa por Wall Street. Retalho brilha com resultados

As bolsas norte-americanas estão em alta, numa altura em que a época de resultados está próxima do fim nos EUA. Retalhistas estão em destaque nesta sessão.

Os principais índices norte-americanos estão em alta, com os investidores focados na reabertura das economias a nível mundial. Nesta sessão, as cotadas ligadas ao setor do retalho estão em destaque, após a Walmart, a Macy’s e a Home Depot terem apresentado resultados acima do esperado pelos analistas.

Neste contexto, o índice de referência S&P 500 valoriza 0,11% para 4.167,85 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq sobe 0,30% para 13.418,95 pontos. Ao mesmo tempo, o industrial Dow Jones ganha 0,10% para 34.360,76 pontos.

Com a maioria das economias a reabrirem e numa altura em que está a acelerar o ritmo de vacinação contra a Covid-19, a perspetiva é que se assista a uma recuperação económica a nível mundial. A adensar o otimismo dos investidores estão os resultados comunicados ao mercado por várias retalhistas.

As receitas das retalhista norte-americana Walmart aumentaram 6%, bem mais que os 0,9% previstos pela FactSet. Neste contexto, os títulos da companhia sobem 3,23% para 143,30 dólares.

Também a Macy’s superou as expectativas dos analistas, com as receitas trimestrais a crescerem 56% face ao período homólogo para 4,71 mil milhões de dólares. Face a estes resultados, a retalhista chegou a disparar 6% antes da abertura da bolsa, estando neste momento a subir 0,42% para 19,24 dólares.

Nota ainda para a Home Depot, cujas vendas comparáveis cresceram 31% no primeiro trimestre, um ritmo muito superior ao antecipado pelos analistas (20%). A impulsionar as contas esteve o crescimento de 29,9% nas vendas nos EUA. Neste contexto, os títulos da retalhista avançam 0,06% para 320,21 dólares.

Em contrapartida, a Tesla recua 1,23% para 569,75 dólares, depois de ter sido conhecido que houve uma colisão de um carro em piloto automático da fabricante contra um carro da polícia nos EUA.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Economia puxa por Wall Street. Retalho brilha com resultados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião