Excedente no comércio externo na Zona Euro desce para 15,8 mil milhões

  • Lusa
  • 18 Maio 2021

Segundo o Eurostat, as exportações de bens da zona euro ascenderam a 212,1 mil milhões de euros em março de 2021, um aumento de 8,9% em relação ao mês homólogo.

A Zona Euro registou um excedente de 15,8 mil milhões de euros no comércio de bens com o resto do mundo em março, face a 29,9 mil milhões de euros no mesmo mês de 2020, divulga esta terça-feira o Eurostat.

De acordo com o gabinete estatístico europeu, as exportações de bens da zona euro ascenderam a 212,1 mil milhões de euros em março de 2021, um aumento de 8,9% em relação ao mês homólogo (194,7 mil milhões de euros), que tinha sido afetado pelas medidas introduzidas pelos Estados-membros para conter a pandemia da covid-19.

As importações foram de 196,3 mil milhões de euros, um aumento de 19,2% em relação a março de 2020 (164,7 mil milhões de euros).

A União Europeia (UE) registou, por seu lado, um excedente de 18,8 mil milhões de euros no comércio externo de bens, face aos 28,3 milhões de euros do mês homólogo.

As exportações de bens da UE ascenderam a 195,1 mil milhões de euros em março, um aumento de 10,6% face ao mesmo mês de 2020 (176,4 mil milhões de euros).

As importações do resto do mundo foram de 176,3 mil milhões de euros, mais 19,0% em comparação com março de 2020 (148,1 mil milhões de euros).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Excedente no comércio externo na Zona Euro desce para 15,8 mil milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião