Venda da MEO atrai Orange, MásMóvil e fundos

  • ECO
  • 4 Junho 2021

Na corrida para a possível venda da antiga Portugal Telecom poderá estar também o fundo KKR, que foi dono da Nowo e da Oni Telecom.

A Altice Europe está a estudar a venda da antiga Portugal Telecom (PT), um negócio que pode valer entre seis a sete mil milhões de euros. A Altice Portugal é o maior operador do mercado português e há vários potenciais candidatos, segundo avança o Expresso (acesso pago). Orange e MásMóvil poderão estar na corrida.

A francesa Orange já foi parceira da Nos, do fundo KKR, que foi dono da Nowo e da Oni Telecom, enquanto a espanhola MásMóvil é a nova dona da Nowo e uma das empresas que comprou espetro no leilão do 5G. Existirá também outra hipótese para esta venda, que são os fundos, nomeadamente o KKR.

Nesta operação, que não está ainda confirmada pela Altice, todos os cenários estarão em cima da mesa, incluindo a venda parcial de ativos ou a manutenção da atual situação. Ainda assim, Patrick Drahi, presidente do grupo, já mandatou a Lazard para testar a venda da antiga PT, como revelou o ECO.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Venda da MEO atrai Orange, MásMóvil e fundos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião