Portugal e Lituânia disputam título de último país da UE com 5G

A chegada do 5G a Malta no final do mês passado deixa Portugal e Lituânia isolados. São os únicos países da União Europeia (UE) sem ofertas comerciais de quinta geração.

As primeiras ofertas comerciais de 5G chegaram a Malta no final do mês passado. Mas o que pode parecer um detalhe sem relevância para o setor português é, na verdade, uma notícia bastante importante. Portugal e Lituânia disputam agora uma “corrida” para ver quem será o último país da União Europeia (UE) a ter tarifários de quinta geração.

Com base no último relatório trimestral do Observatório Europeu do 5G, o ECO noticiou a 20 de abril que Portugal, Lituânia e Malta eram os únicos países da região sem ofertas de 5G. A lista encolheu a 19 de maio, dia em que a operadora Melita anunciou o lançamento de uma rede 5G comercial em Malta, com cobertura em todo o território maltês.

Por isso, neste momento, os cidadãos portugueses e lituanos são os únicos à espera do lançamento do 5G em toda a UE. Facto que ganha ainda mais impacto numa altura em que o país assume a presidência rotativa do Conselho.

Portugal iniciou um leilão de várias frequências no final do ano passado, com uma fase inicial exclusiva para “novos entrantes” e uma fase principal que está em curso desde 14 de janeiro e que atinge esta sexta-feira o centésimo dia de licitações. O lançamento da tecnologia no país tem sido marcado pela forte crispação entre operadoras e Anacom e litigância nos tribunais.

Quanto à Lituânia, espera-se a realização de um leilão de frequências para a atribuição dos 700 MHz ainda este ano, mas existem outros fatores a pesarem na equação. De acordo com o The Baltic Times, o lançamento do 5G no país tem sido impactado por interferências em frequências também usadas pela Rússia.

Houve um acordo entre os dois países para o fim da transmissão de sinais de televisão na faixa dos 700 MHz, mas a Rússia recusa libertar a faixa dos 3,5 GHz, que é usada para fins militares, segundo o mesmo jornal.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal e Lituânia disputam título de último país da UE com 5G

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião