Telecomunicações

Período de transição entre contratos do Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal vai custar 1,24 milhões de euros/mês, até um máximo de 7,4 milhões, aos cofres do Estado.