Telecomunicações

Ainda é possível que Portugal seja o último da UE a lançar o 5G, mas agora é mais improvável. A Lituânia anunciou esta semana um primeiro leilão de frequências, mas não avança antes do fim de janeiro.

Há 200 dias que as operadoras licitam as frequências à venda na fase principal do leilão do 5G, num investimento que está rapidamente a caminho dos 500 milhões de euros.