iOS 15 põe chaves de casa na Wallet e novo Maps em Portugal

A Apple apresentou o novo iOS 15 aos programadores esta sexta-feira. Há novidades na Wallet e o FaceTime vai (parcialmente) chegar ao Android. Portugal é um dos países que recebe o novo Apple Maps.

Algumas das novidades do iOS 15 anunciadas esta segunda-feira pela Apple.Apple

O próximo iOS 15 foi apresentado esta segunda-feira e promete pôr as chaves do carro, de casa e até do quarto de hotel na aplicação Wallet. Mas esta é só uma das novidades que a Apple apresentou esta terça-feira aos programadores.

A próxima versão do sistema operativo da marca inclui Portugal na pequena lista de países que vão receber a nova versão do Apple Maps, uma melhoria que aproxima um pouco mais os mapas do iPhone aos mapas da Google.

Para o teletrabalho, há melhorias significativas no FaceTime. A Apple vai integrar na app de videochamadas um conjunto de funcionalidades a que todos já nos habituámos noutras plataformas de videoconferências, como a visualização dos participantes em forma de grelha.

Outra dessas novidades é a possibilidade de gerar links para que várias pessoas se possam juntar à reunião. E, pela primeira vez, mesmo as que não têm iPhone: o FaceTime vai ficar disponível no Android, ainda que de forma limitada, acessível apenas no browser.

As conversas via FaceTime vão parecer mais “naturais”. A Apple incluiu na aplicação a tecnologia de “áudio espacial” e um sistema que recorre a inteligência artificial para eliminar o ruído de fundo do seu microfone. Segundo a marca, é até capaz de remover o barulho de um potente aspirador industrial.

Face ao atual momento de pandemia, a Apple criou também um modo de experiências partilhadas. Vai poder ver filmes ou ouvir música em simultâneo com um familiar ou amigo distante. Os conteúdos vão estar sincronizados nos dispositivos de ambos.

A Apple prepara-se para introduzir várias melhorias no FaceTime, na esperança de concorrer com o Zoom.Apple

A Covid-19 acelerou a digitalização das nossas vidas e passamos demasiado tempo colados a ecrãs. A pensar nisto, a Apple desenvolveu uma série de alterações ao iOS para ajudar os utilizadores a focarem-se e a desligarem quando assim é preciso.

Uma dessas novidades é o “sumário de notificações”, que surge quando há muitas notificações à espera de serem vistas. Este modo resume as notificações e prioritiza-as automaticamente, consoante a sua relevância.

O modo “Não incomodar” recebe ainda uma série de novas funcionalidades. Por exemplo, vai poder definir que, nas próximas horas, só quer dar atenção ao trabalho: com o modo “Trabalho”, só receberá notificações desse tipo (mensagens de colegas no Slack ou no Teams, entre outras).

No iOS 15, a aplicação de mensagens também vai avisar os seus contactos quando tem o modo “Não incomodar” ativo. Os seus amigos vão poder optar por não incomodar mais, ou enviar-lhe uma notificação mesmo assim, se for urgente. Claro que todas estas alterações podem ser desligadas pelo utilizador.

O novo “sumário de notificações” evita que se acumulem alertas no ecrã de bloqueio do iPhone.Apple

Por falar em amigos, a aplicação Mensagens vai ser melhorada. E, se tirar uma fotografia que mostre algum texto, poderá copiá-lo e colá-lo noutra aplicação, como se tivesse sido escrito diretamente no iPhone: é a nova funcionalidade Live Text.

As melhorias no iPhone também vão chegar ao iPad, através do novo iPad OS 15. Uma delas vem de trás: os widgets, que chegaram no ano passado ao iPhone, vão ser suportados nos tablets da Apple. Estes recebem ainda a aplicação de tradução nativa do iOS, que ainda não estava disponível no dispositivo.

Os widgets chegam ao iPad no novo iPad OS 15.Apple

Além do iPad OS, a Apple anunciou o novo macOS Monterey. Será a próxima versão do sistema operativo dos computadores da marca.

Se tem iPad, MacBook e iMac, vai gostar da nova tecnologia Universal Control. Quando os colocar lado a lado, poderá usar o touchpad do MacBook para mexer o cursor entre dispositivos, ou o teclado e rato do iMac. A Apple exemplificou mesmo o ato de “arrastar” um ficheiro de uma extremidade do iPad (à direita) até à outra extremidade do iMac (à esquerda), como na fotografia:

Será possível controlar três ou mais dispositivos Apple em simultâneo.Apple

O browser Safari vai receber um aspeto renovado e a são várias as novidades ao nível da privacidade no ecossistema Apple. Por exemplo, as páginas web vão deixar de ter acesso ao IP da sua ligação à internet.

Ainda no plano da privacidade, a Siri vai passar a funcionar dentro do seu dispositivo, o que significa que, para além de responder mesmo quando está offline, os dados não saem dos seus aparelhos. Para quem se regista em muitos sites, a iCloud vai permitir gerar emails descartáveis. Tantos quantos quiser, promete a empresa.

Por fim, o iOS recebe também um novo painel com um relatório da utilização do GPS, câmara e microfone do seu aparelho por parte das aplicações que instalou. E identifica mesmo que entidades terceiras é que estão a receber os seus dados pessoais.

O iOS vai começar a elaborar um relatório de privacidade.Apple

Estas e outras novidades foram apresentadas pela Apple no evento anual de programadores, que começou esta segunda-feira. A iniciativa decorre em formato virtual. Os novos sistemas operativos da Apple vão ser disponibilizados publicamente para testes (public beta) já no próximo mês de julho.

(Notícia atualizada pela última vez às 19h54)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

iOS 15 põe chaves de casa na Wallet e novo Maps em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião