Guterres pede decisões imediatas aos (re)seguradores

  • ECO Seguros
  • 10 Junho 2021

Secretário geral do ONU quer alinhamento dos portfolios e investimentos das seguradoras com os objetivos climáticos e que acabem os negócios com indústria de carvão até ao fim deste ano.

As seguradoras têm um papel decisivo a jogar na promoção das transformações necessária a proteger a Terra das alterações climáticas, disse António Guterres, secretário geral do ONU na recente cimeira do Insurance Development Forum (IDF), realizada online.

Guterres apelou aos seguradores e resseguradores para alinharem os seus portfolios e investimentos com a meta net zero 2050 e seguirem o compromisso do G7, grupo dos 7 países mais industrializados do mundo, de acabar com todo o apoio internacional ao carvão no fim deste ano.

O secretário geral foi convidado de honra da cimeira do IDF, uma parceria público/privada liderada pela indústria seguradora e apoiada por organizações internacionais. Foi criada após a cimeira do clima de Paris de 2015, a COP 21, e foi oficialmente lançada pela ONU, Banco Mundial e seguradoras. Neste grupo fazem parte companhias como a Ageas, AIG, Allianz, AON, Aviva, AXA, China Reinsurance Group, Hannover Re, KPMG, Lloyd’s of London, Marsh & McLennan, Munich Re, Prudential, SCOR, Tokio Marine, Willis Towers Watson e Zurich.

“Tornar os mercados seguradores mais inclusivos em termos de países, negócios e pessoas é uma estratégia fundamental para construir redes de segurança”, referiu Guterres.

Também instou a comunidade ligada ao desenvolvimento a defender “uma melhor integração do risco financeiro e dos seguros no planeamento e financiamento no desenvolvimento económico e social dos países mais vulneráveis”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Guterres pede decisões imediatas aos (re)seguradores

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião