China avisa G7: “Os dias em que um pequeno grupo de países mandava no mundo acabaram”

  • ECO
  • 13 Junho 2021

Líderes do G7 anunciaram acordo em torno de um plano de infraestruturas para conter influência da China. Pequim já respondeu: os tempos em que pequenos grupos de países mandavam no mundo já lá vão.

A China avisou os líderes do G7 que os dias em que pequenos grupos de países decidiam os destinos do mundo pertencem ao passado, numa resposta ao acordo alcançado este sábado pelas economias mais poderosas de mundo de lançar um plano de infraestruturas para travar a influência chinesa.

O tempo em que as decisões globais eram ditadas por um pequeno grupo de países já foi“, afirmou um porta-voz da embaixada da China em Londres, Reino Unido, citado pela agência Reuters (acesso livre/conteúdo em inglês).

“Sempre acreditamos que os países, grandes ou pequenos, fortes ou fracos, pobres ou ricos, são iguais e que as questões mundiais devem ser tratadas através da consulta ar todos os países”, acrescentou o mesmo responsável.

Estas declarações surgem depois de os líderes do G7 terem chegado a um acordo quanto ao lançamento um grande plano de infraestruturas para conter o avanço da China.

A iniciativa, dirigida a países da América Latina, Caraíbas, África e Indo-Pacífico, pretende ser uma alternativa ao projeto chinês Nova Rota da Seda, que visa revitalizar a chamada Rota da Seda através da modernização das infraestruturas e telecomunicações para melhorar a ligação entre a Ásia e a Europa.

O plano “ajuda a reduzir as necessidades em mais de 40 mil milhões de dólares em infraestrutura de que necessita o mundo em desenvolvimento e isso foi agravado pela pandemia covid-19″, referiu a Casa Branca.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

China avisa G7: “Os dias em que um pequeno grupo de países mandava no mundo acabaram”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião