Morreu gestor Francisco Mantero, consultor da OCDE

  • Lusa
  • 13 Junho 2021

O gestor Francisco Mantero, consultor da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) morreu na sexta-feira, aos 72 anos. Cerimónias fúnebres realizaram-se este domingo.

O gestor Francisco Mantero, consultor da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) morreu na sexta-feira, aos 72 anos, e as cerimónias fúnebres realizaram-se este domingo, disse à Lusa uma familiar.

Francisco Mantero morreu na sexta-feira, aos 72 anos, vítima de doença súbita, na sua casa, em Cascais, tendo as cerimónias fúnebres sido realizadas este domingo. Era consultor da OCDE, coordenando grupos de trabalho em Paris (França) e em Bruxelas (Bélgica).

A sua carreira esteve ligada à gestão de empresas em África ou relacionadas aquele continente, nomeadamente em S. Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau e Moçambique.

Do seu percurso destacam-se ainda funções na Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa/Associação Comercial de Lisboa, com o pelouro das Relações com os Países Lusófonos e Cooperação Internacional e a representação de Portugal na European Union Cocoa Trade Organization (em Londres).

Fez parte da Comissão Nacional da UNESCO, da administração do Forum Afrique-Europe e da Comissão de Fiscalização do Instituto da Cooperação Portuguesa.

Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, foi presidente e vice-presidente do Conselho Geral da ELO – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Económico e a Cooperação; secretário geral da Confederação Empresarial da CPLP-Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e membro do conselho de administração do European Business Council for Africa and the Mediterranean (EBCAM), com sede em Bruxelas, organismo a que presidiu entre julho de 2006 e 30 de junho de 2007.

Integrou o grupo de trabalho “Development Policy” da BusinessEurope, com sede em Bruxelas, em representação da CIP-Confederação Empresarial de Portugal; foi assessor da CA Consult S.A./Grupo Crédito Agrícola e Curador da Fundação Portugal África (desde a sua constituição em 1995).

Integrou o conselho consultivo do Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa e o conselho de Orientação do Instituto de Investigação Científica Tropical.

Foi condecorado pelo Presidente da República do Brasil, com o grau de Comendador da Ordem do Cruzeiro do Sul; pelo Presidente da República de São Tomé e Príncipe com a Medalha da Independência Nacional e pelo Presidente da República Portuguesa com o grau de Comendador da Ordem do Mérito.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Morreu gestor Francisco Mantero, consultor da OCDE

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião