Preços da eletricidade vão aumentar em julho no mercado regulado

  • ECO e Lusa
  • 14 Junho 2021

Para a maioria dos clientes domésticos do mercado regulado, com potência contratada de 3,45 kVA, esta atualização será cerca de 1,05 euros na fatura média mensal.

Os preços da eletricidade vão subir já no próximo mês, adiantou a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) esta segunda-feira, que indica que “para a maioria dos clientes domésticos do mercado regulado, com potência contratada de 3,45 kVA, esta atualização será cerca de 1,05 euros na fatura média mensal”.

“A ERSE, face ao aumento de preços de energia no Mercado Ibérico de Eletricidade (MIBEL), atualizou o preço da tarifa de Energia do mercado regulado, em 5 euros por MWh“, disse o regulador em comunicado.

Esta revisão traduz-se num aumento de cerca de 1,05 euros na fatura média de um casal sem filhos (com potência contratada de 3,45 kVA) e de 2,86 euros para o consumo de um casal com dois filhos (potência de 6,9 kVA).

Em comunicado, a ERSE adianta que, “atendendo à redução de -0,6% ocorrida em janeiro, com esta atualização, a variação tarifária média anual entre 2021 e 2020 será cerca de 0,9%”. Cai assim por terra o esforço do Governo e do Ministério do Ambiente e da Ação Climática de travar o aumento de preços na eletricidade em Portugal.

Esta revisão das tarifas tem como objetivo adequar a tarifa de energia aplicada aos clientes do mercado regulado à evolução dos preços dos mercados grossistas, que tem vindo a subir, evitando “desvio a recuperar em anos subsequentes”.

Este mecanismo foi aplicado pela primeira vez em 2020, no sentido oposto, de descida.

A nova tarifa de energia produz efeitos a partir de 01 de julho de 2021 e abrange os consumidores no mercado regulado, que correspondem a cerca de 5% do consumo total e de 954 mil clientes, em fevereiro de 2021, uma vez que a maioria já tem um comercializador de mercado livre.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Preços da eletricidade vão aumentar em julho no mercado regulado

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião