Fórum para a Competitividade renova totalmente e reduz conselho consultivo

Entre os novos nomes dos órgãos sociais do Fórum para a Competitividade estão Nuno Amado, Paulo Macedo e Manuel Champalimaud. Conselho consultivo tem agora menos 15 membros.

O Fórum para a Competitividade fez mudanças nos seus órgãos sociais, com uma redução do número de pessoas que agora integram o conselho consultivo e a própria mesa da assembleia geral. Entre as caras novas estão o chairman do BCP, Nuno Amado, o presidente executivo da CGD, Paulo Macedo e Manuel Champalimaud, chairman do grupo com o seu nome.

Na mesa da assembleia geral, encontram-se agora José Eduardo Carvalho, presidente da AIP (Associação Industrial Portuguesa) e Gregório Rocha Novo, vice-presidente do Conselho Geral da CIP (Confederação Empresarial de Portugal), que substituem Mira Amaral, ex-ministro da Indústria, e o economista Daniel Bessa nos respetivos cargos.

Já no conselho consultivo, ao lado de Nuno Amado, Paulo Macedo e Manuel Champalimaud, está Cândida Santos (professora na Porto Business School), Francisco Calheiros (presidente da Confederação do Turismo de Portugal), João Nuno Magalhães (chefe de gabinete do chairman da Jerónimo Martins), José Carlos Rosa (administrador das Lojas Francas de Portugal), Luís Castro e Almeida (administrador delegado do BBVA Portugal), Luís Miguel Ribeiro (presidente da AEP), Pedro da Cunha (administrador delegado da Esegur) e Raquel Vieira de Castro (administradora da Vieira de Castro).

O Fórum para a Competitividade, liderado por Ferraz da Costa, decidiu assim renovar totalmente o conselho consultivo e reduzi-lo a 11 elementos, ou seja, menos 15 do que até agora.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fórum para a Competitividade renova totalmente e reduz conselho consultivo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião