Dono da Cartier alerta para “sobreaquecimento” no mercado do luxo

  • Lusa
  • 20 Junho 2021

Cyrille Vigneron, presidente da empresa francesa Cartier, advertiu este domingo para o "sobreaquecimento" do mercado dos produtos de luxo, numa entrevista ao Journal du Dimanche.

O presidente da empresa francesa Cartier, Cyrille Vigneron, advertiu este domingo para o “sobreaquecimento” do mercado dos produtos de luxo, devido à forte recuperação da economia em alguns segmentos e à lenta retoma da produção.

A recuperação “muito forte e rápida” da procura de produtos de luxo, “surpreendeu” no verão passado e atualmente, com períodos de “sobreaquecimento”, afirmou Vigneron numa entrevista publicada no semanário francês Journal du Dimanche.

O dono da Cartier destacou em especial a recuperação, que se seguiu aos períodos de confinamento forçados pela pandemia, que foi “muito robusta” na China e “bastante rápida”, de início, nos Estados Unidos da América e, depois, “em praticamente todos os países”.

O empresário reconheceu que, à semelhança de outros segmentos, o dos produtos de luxo está sobretudo afetado pela falta de matérias-primas e pela lenta retoma da produção. Para Vigneron, questões sobre o que “é aceitável e tolerável”, sob pontos de vista ambientais e éticos, afetam também a cadeia de aprovisionamento.

O responsável máximo da Cartier explicou que 95% do ouro que consome vem da reciclagem na Europa (e em breve será 99%), porque a extração desse mineral é “extremamente poluente”. Mesmo assim, destacou, a empresa de joalharia continua a apoiar atividades extrativas que apresentem condições sociais “certificadas por organismos independentes, como no Peru”, da mesma forma que, para os diamantes, só trabalham com países que participem do processo Kimberley.

A Cartier faz parte do grupo de produtos de luxo Richemont, sediado na Suíça, que inclui marcas como a Van Cleef, Montblanc, IWC e Piaget. No último ano, o grupo registou um volume de negócios de 13,1 mil milhões de euros e um lucro de 1,2 mil milhões.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Dono da Cartier alerta para “sobreaquecimento” no mercado do luxo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião