Vacinas “não são milagres” e pessoas devem testar-se à Covid, diz Temido

"As vacinas são eficazes, são seguras, mas não são milagres", disse Marta Temido, pedido às pessoas que aproveitem as oportunidades que têm para se testarem.

Relembrando que as vacinas não são “milagres”, a ministra da Saúde, Marta Temido, apelou, esta quarta-feira, a todos os residentes da região de Lisboa e Vale do Tejo e também do resto do país, que aproveitem as oportunidades que têm para continuar a testar-se.

As vacinas são eficazes, são seguras, mas não são milagres. Têm o potencial de ter uma efetividade de 70%, 80% ou mesmo 90%, ou seja a possibilidade de contrair formas graves da doença é reduzida, mas há sempre uma margem de risco que as vacinas não evitam completamente”, começou por lembrar Marta Temido em resposta aos jornalistas.

Aliás, ainda nem se sabe ao certo se duas doses serão suficientes para o futuro. Por isso, Portugal está a “adquirir doses para 2022 e 2023 para preparar o reforço [da vacinação]”.

Por estes motivos, e pelo facto da pandemia estar a acelerar novamente — especialmente na Área Metropolitana de Lisboa — a ministra apelou às pessoas que continuem a testar-se.

“A periodicidade dos testes depende muito da exposição ao risco, um teste semanal para alguém que esteja em teletrabalho poderá não ser necessário”, mas para quem esteja mais exposto ao risco, poderá ser mais frequente. Posto isto, e tendo em conta a gratuitidade dos testes em farmácias e outros pontos, a governante apelou aos cidadãos desta e outras regiões região que realizassem testes “antes de submeterem os outros a uma exposição de risco”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Vacinas “não são milagres” e pessoas devem testar-se à Covid, diz Temido

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião