Confederação do Turismo pede rapidez nos apoios às empresas

  • Lusa
  • 2 Julho 2021

"Os apoios já definidos têm de chegar rapidamente às empresas", defende a Confederação do Turismo de Portugal. O setor turístico está a ser um dos mais castigados pela pandemia.

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) alertou, esta sexta-feira, para os “fortes impactos” da pandemia no setor e avisou que os apoios têm de chegar rapidamente às empresas, tendo já pedido uma reunião com o primeiro-ministro, António Costa.

“No quadro da atual situação pandémica no país, que está a ter fortes impactos na atividade das empresas do turismo, e perante as dificuldades sentidas na recuperação nos meses de Verão”, a confederação adverte que “os apoios já definidos têm de chegar rapidamente às empresas”, diz a CTP em comunicado.

A confederação apela para que “as atuais condições” do apoio extraordinário à retoma progressiva se mantenham até ao final de ano “e não apenas durante julho e agosto, como foi ontem [quinta-feira] aprovado em Conselho de Ministros”.

A CTP considera ainda “urgente” a implementação de outras medidas, como a reativação do lay-off simplificado, o apoio simplificado às microempresas, o apoio à contratação previsto no programa Ativar.pt e o alargamento dos programas Apoiar Rendas e Apoiar + Simples. “Neste âmbito, a CTP já solicitou uma reunião urgente ao primeiro-ministro”, informa a confederação.

O presidente da CTP, Francisco Calheiros, sublinha que, “num momento em que a primeira tranche dos apoios europeus já chegou ao país e perante a situação insustentável por que está a passar o turismo, é urgente que cheguem às empresas os apoios inerentes aos programas e investimentos já aprovados, que contribuam para minimizar o impacto das limitações existentes”.

“É necessária rapidez na implementação do plano que prevê um investimento superior a seis mil milhões de euros, para irmos a tempo de salvar empresas e empregos, uma vez que o verão está perdido”, afirma Francisco Calheiros, citado no comunicado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Confederação do Turismo pede rapidez nos apoios às empresas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião