Da Apple à EDP Renováveis: quais são as maiores empresas do mundo? E em Portugal?

Qual a maior empresa do mundo: Apple, Microsoft, Saudi Aramco ou Google? E em Portugal: EDP, EDP Renováveis, Galp ou BCP? Divulgámos o ranking das maiores cotadas mundais e nacionais.

Facebook foi a última tecnológica a entrar no restrito clube de companhias com valor acima do bilião de dólares. Mas a rede social fundada por Mark Zuckerberg está longe de ser a maior empresa do mundo em termos de valor em bolsa. Quão longe? Muito longe. Ou melhor, está a uma distância de 1,4 biliões de dólares da maior cotada do mundo, a Apple.

Na verdade, a mais famosa rede social do mundo é “apenas” a sexta no ranking das maiores companhias em bolsa, com uma avaliação de 1,005 biliões de dólares.

Das cinco cotadas que o Facebook tem à sua frente nesta lista, apenas uma não atua no setor da tecnologia: a companhia petrolífera saudita Saudi Aramco, que fez a sua estreia na bolsa há menos de dois anos, está no quarto lugar do ranking, encontrando-se avaliada atualmente em 1,86 biliões de dólares a preços de mercado. As tecnológicas dominam grande parte das nossas vidas e também estão no topo das preferências dos investidores, tendo reforçado o seu protagonismo com a pandemia.

Apple e Microsoft têm disputado o título de cotada mais valiosa do mundo, sendo que o trono pertence atualmente à fabricante dos iPhones, com uma capitalização bolsista de 2,405 biliões de dólares. Com uma avaliação de 2,1 biliões, a Microsoft está mesmo aí à espreita de um deslize da tecnológica liderada por Tim Cook.

O top-10 tem sobretudo companhias americanas. São sete em dez. Além da Apple, Microsoft, Amazon e Facebook, há que contar ainda com a Alphabet (dona do Google), Berkshire Hathaway, e Tesla que apresentam valores de mercado de 1,7 biliões, 635 mil milhões e 624 mil milhões de dólares, respetivamente.

Outro dado que salta à vista: nenhuma das dez maiores companhias mundiais é europeia. As restantes vêm da Ásia. A Arábia Saudita surge representada com a Saudi Aramco, a China tem a Tencent (771 mil milhões), o maior portal de serviços de internet da China. A Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (614 mil milhões) fecha o ranking. Mas com os altos e baixos da bolsa, tudo pode mudar de um dia para o outro.

Maiores cotadas do mundo

Fonte: Reuters

E por cá?

O tamanho é… relativo. Portugal também tem os seus gigantes da bolsa, mas nada comparável com as maiores companhias do mundo. O PSI-20, o principal índice português, conta com as principais cotadas com bandeira nacional. No seu conjunto, as 17 cotadas que integram o índice, estão avaliadas em 69 mil milhões de euros.

Há sobretudo duas empresas que se destacam: a EDP Renováveis e a casa-mãe EDP. A primeira apresenta um valor de mercado de 19,7 mil milhões de euros e a segunda está avaliada em 18,4 mil milhões. Ou seja, as duas valem mais de metade do PSI-20.

A seguir surge a Jerónimo Martins. A retalhista dona do Pingo Doce – embora o principal negócio esteja na Polónia, com a Biedronka – regista uma capitalização bolsista pouco acima dos 10,3 mil milhões. A Galp é a quarta cotada nacional mais valiosa, com um preço de mercado de 7,13 mil milhões.

O lote das cinco empresas mais valiosas deixou de integrar o BCP, que foi substituído pela Navigator. A papeleira tem um valor de mercado de 2,12 mil milhões de euros, uma avaliação próxima, ainda assim, daquela que os investidores atribuem ao banco liderado por Miguel Maya.

Maiores empresas nacionais

Fonte: Reuters

Quais são os hotéis mais caros do país? Quem são as personalidades mais influentes no TikTok? E os gestores mais bem pagos da nossa bolsa? De segunda a sexta-feira, todos os dias há um ranking para ver aqui no ECO.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Da Apple à EDP Renováveis: quais são as maiores empresas do mundo? E em Portugal?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião