Wall Street em máximos à boleia da banca

A sessão desta sexta-feira ficou marcada pela recuperação dos principais índices norte-americanos. As cotadas da banca animaram Wall Street.

Wall Street terminou a última sessão da semana com ganhos. O S&P 500 e o Dow Jones fecharam em máximos, depois de terem registado quebras, na quinta-feira, em resultado da incerteza em torno da pandemia e, em consequência, da recuperação económica. Esta sexta-feira, as cotadas da banca destacaram-se.

O índice de referência nos mercados norte-americanos, o S&P 500, terminou a sessão a valorizar 1,13% para 4.369,5 pontos. Também no verde, o industrial Dow Jones avançou 1,3% para 34.869,17 pontos e o tecnológico Nasdaq subiu 0,98% para 14.701,92 pontos.

Os índices estiveram a recuperar das quebras de quinta-feira, que foram motivadas pelo receio de que a variante Delta — altamente contagiosa — coloque em causa a retoma económica dos Estados Unidos. “Mais uma vez, todas as coisas que pareciam preocupar os mercados ontem [esta quinta-feira] não importam hoje [esta sexta-feira]”, frisa Chris Beauchamp, analista na IG, citado pela Reuters.

Por outro lado, os investidores estiveram a preparar-se para a época de resultados, que arranca na próxima semana com a divulgação dos números dos bancos. Aliás, as cotadas da banca destacaram-se, pela positiva, esta sexta-feira.

Os títulos do Golman Sachs valorizaram 3,57% para 371,76 dólares, os do Wells Fargo somaram 3,73% para 43,91 dólares, os do Morgan Stanley subiram 3,05% para 90,33 dólares, os do Citigroup avançaram 2,58% para 68,45 dólares e os do Bank of America Corp ganharam 3,25% para 40,04 dólares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street em máximos à boleia da banca

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião