John Textor disposto a garantir empréstimo obrigacionista do Benfica. Em vez de 4% cobra 3%

Em vez de 4%, Textor admite cobrar uma taxa de juro de 3%. "A dívida é má, mas se o financiamento for feito por mim, pelo menos é barata", diz o investidor americano.

John Textor, que celebrou um acordo com José António dos Santos para ficar com 25% da SAD do Benfica, quer entrar mesmo investir no clube encarnado. Pretende comprar ações, mas também está disposto a investir na dívida, numa altura em que a Luz tenta fechar o empréstimo obrigacionista de 35 milhões de euros. Admite garantir esse financiamento e até com juros mais baixos.

Numa nota publicada no seu site, o investidor norte-americano diz estar disposto a “financiar imediatamente a parcela não subscrita da atual emissão de dívida” do Benfica, no valor de 35 milhões de euros e cujo prazo de subscrição termina a 23 de julho. “Pelo que percebo (por rumoes), a emissão pode não estar correr bem”, diz Textor.

“O que quer que os investidores decidam não comprar [da emissão], eu estou disponível para financiar imediatamente a diferença para que o clube possa encarar a nova época com os recursos necessários para ser bem-sucedido nas competições” desportivas.

O Benfica está a tentar captar 35 milhões, não tendo revisto esse valor em alta tendo em conta todo o processo “Cartão Vermelho”. “Se por algum motivo não houver investidores para financiarem esta emissão, com uma taxa de 4,75% [a taxa oferecida está errada, sendo de 4%], eu financiarei a emissão por inteiro”, diz, apontando para um valor de 55 milhões.

Este compromisso será feito a uma taxa bem inferior à que o Benfica está a pagar aos investidores. Em vez de 4,75% [a taxa oficial é de 4%], Textor admite cobrar uma taxa de juro de 3%. “A dívida é má, mas se o financiamento for feito por mim, pelo menos é barata… porque o Benfica pode parar de se financiar a 50 milhões de cada vez”. Texto defende um aumento de capital de 200 milhões de euros na bolsa de Nova Iorque.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

John Textor disposto a garantir empréstimo obrigacionista do Benfica. Em vez de 4% cobra 3%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião