Nas notícias lá fora: Vacina da Pfizer, Xiaomi e dívida verde

As vacinas com mRNA são muito mais eficazes contra a Covid-19 que as que não usam esta tecnologia. A Intel prepara uma compra de gigante, enquanto a Xiaomi passa à frente da Apple.

As vacinas contra a Covid-19 não são todas iguais, sendo que as que utilizam a tecnologia de mRNA revelam uma eficácia muito superior. Na luta contra a pandemia, os EUA mantêm o travão às viagens dos europeus, mas isso vai mudar em breve. Da pandemia para a tecnologia, destaque para um mega negócio em marcha no mercado dos semicondutores, mas também para o crescimento da Xiaomi, que bateu a Apple.

Bloomberg

Vacina da BioNTech produz 10 vezes mais anticorpos que a da Sinovac

Vacinas de mRNA ou as outras? Um estudo realizado em Hong Kong revela que há diferenças substanciais entre ambas as tecnologias que estão a ser usadas para combater a Covid-19, com vantagem clara para as de mRNA. O nível de anticorpos gerado pela vacina da BioNTech, em parceria com a Pfizer, é 10 vezes superior ao registado nas pessoas inoculadas com a da Sinovac, que usa o vírus inativado.

Leia a notícia completa na Bloomberg (conteúdo em inglês, acesso pago)

Financial Times

Biden preparado para permitir viajantes da Europa

Joe Biden tem mantido o travão às viagens dos europeus, mas a pressão de Angela Merkel está a funcionar. O presidente dos EUA, que se tem mostrado irredutível nesta restrição, diz agora que estará pronto para “nos próximos dias” dizer quando é que os EUA poderão vir a levantar a proibição. A tomada de decisão está “em processo”.

Leia a notícia completa no Financial Times (conteúdo em inglês, acesso pago)

Reuters

Emissão de dívida sustentável vai superar o bilião de dólares

Há cada vez mais dívida no mundo, mas esta é também cada vez mais sustentável. De acordo com um relatório publicado pelo Institute of International Finance (IFF), a emissão de títulos de dívida “verdes” vai superar, este ano, a marca do bilião de dólares, com as “green bonds” a dominarem este mercado.

Leia a notícia completa na Reuters (conteúdo em inglês, acesso pago)

Wall Street Journal

Intel quer comprar GlobalFoundries por 30 mil milhões

A Intel anda às compras no meio de uma crise de chips global. A gigante tecnológica norte-americana está a ponderar a compra da GlobalFoundries num negócio que poderá ascender a 30 mil milhões de dólares, operação que poderá catapultar a capacidade de a empresa produzir e fornecer semicondutores para outras tecnológicas numa altura de escassez destes chips.

Leia a notícia completa no The Wall Street Journal (conteúdo em inglês, acesso pago)

Tech Crunch

Xiaomi passa à Apple nos smartphones

A Xiaomi teve um trimestre impressionante. A fabricante chinesa de smartphones apresentou um aumento de 83% nas entregas dos seus equipamentos, conseguindo 17% do total do mercado global. Este desempenho põe a Xiaomi apenas atrás da Samsung, que tem uma quota de 19%, mas à frente da Apple que está agora em terceiro lugar com 14% de quota.

Leia a notícia completa no Tech Crunch (conteúdo em inglês, acesso livre)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nas notícias lá fora: Vacina da Pfizer, Xiaomi e dívida verde

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião