Lisboa segue Europa nos ganhos. Energia anima bolsa

A maioria das cotadas do índice de referência nacional está em "terreno" positivo. Lisboa segue, assim, o comportamento positivo das restantes bolsas europeias.

A bolsa nacional está de regresso aos ganhos, no arranque da última sessão da semana. A praça lisboeta está assim a ser contagiada pelo sentimento positivo que se verifica nas congéneres europeias. Subidas do BCP e das empresas do grupo EDP ajudam a impulsionar o principal índice de referência português.

O PSI-20 sobe 0,27% para os 5.124,75 pontos. Já no Velho Continente, o dia é também de ganhos, com o índice pan-europeu Stoxx 600 a subir 0,2%. Já o espanhol Ibex 35 valoriza 0,3% na abertura, bem como o alemão Dax, enquanto o britânico FTSE 100 avança 0,4% e o francês CAC 40 soma 0,5%.

No índice de referência nacional, o destaque vai para o BCP. Os títulos do banco liderado por Miguel Maya avançam 1,39% para os 0,1310 euros. O grupo EDP ajuda também o desempenho do PSI-20, com a casa-mãe a somar 0,44% para os 4,616 euros e a subsidiária EDP Renováveis a ganhar 0,20% para os 19,95 euros.

Entre os “pesos pesados”, sobressai também a Galp Energia, que soma 0,51% para os 8,652 euros. Em “terreno” positivo, nota ainda para a Nos, que sobe 1,25% para os 3,07 euros, e para a retalhista Jerónimo Martins, que valoriza 0,51% para os 16,915 euros.

Num dia em que a maioria das cotadas negoceia em alta, o destaque nas perdas vai para os CTT. As ações da empresa de correios recuam 0,20% para os 5,03 euros.

Fora do índice de referência nacional, nota para a Greenvolt, que negociou pela primeira vez na bolsa nacional esta quinta-feira. As ações da empresa de energias renováveis da Altri voltam a valorizar, avançando 2,08% para os 4,90 euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lisboa segue Europa nos ganhos. Energia anima bolsa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião