Concursos desertos e obras mais caras forçam IP a definir novo calendário para Ferrovia 2020

  • ECO
  • 22 Julho 2021

Materiais de construção mais caros e novos concursos públicos obrigam à Infraestruturas de Portugal o atraso do calendário dos trabalhos para o Ferrovia 2020.

A Infraestruturas de Portugal (IP) alterou o calendário para os trabalhos do Ferrovia 2020. Materiais de construção mais caros e novos concursos públicos para atrair candidatos levaram a IP a atrasar os trabalhos do Ferrovia 2020, inicialmente avaliados em 2,175 mil milhões de euros, avançou o Diário de Notícias (acesso livre), esta quinta-feira.

Inicialmente, os trabalhos do Ferrovia 2020, apresentado em 2016, deveriam estar todos prontos até setembro deste ano. Agora, só estarão terminados na data limite para receber fundos comunitários, ou seja, até ao final de 2023, já que qualquer obra que fique concluída depois de 31 de dezembro desse ano perde acesso aos fundos comunitários.

Fonte oficial da IP, citada pelo Diário de Notícias, explica que a gestora “tem estado a analisar os valores base dos concursos que está a lançar, em consequência do acompanhamento que faz da variação para cima dos custos das matérias-primas bem como da mão-de-obra”. Para além disso, as próprias construtoras têm pedido para estender os prazos de apresentação de propostas: “A grande quantidade de concursos públicos simultâneos lançados pela IP, e outras entidades, tem levado a que a capacidade de resposta dos candidatos se esgote, pelo que, tendo como objetivo obter propostas adequadas, bem formuladas e competitivas, se tenham ajustado alguns prazos de apresentação de candidaturas”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Concursos desertos e obras mais caras forçam IP a definir novo calendário para Ferrovia 2020

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião