YouTube suspende Sky News Austrália por desinformação

  • Lusa
  • 1 Agosto 2021

Plataforma de vídeos acusa Sky News Austrália de partilhar desinformação na plataforma. Alguns dos vídeos do canal questionam a existência da pandemia.

O YouTube suspendeu por uma semana a Sky News Austrália da sua plataforma de partilha de vídeos, devido a informações consideradas falsas sobre a Covid-19. A decisão surge na sequência de uma análise de vídeos enviados pelo canal de TV de propriedade do magnata Rupert Murdoch.

“Temos políticas claras estabelecidas sobre informações falsas sobre a Covid-19 (…) para evitar a disseminação de informações falsas sobre o coronavírus que podem prejudicar o mundo real”, disse o YouTube em comunicado.

Com 1,86 milhões de assinantes no YouTube, o canal pertence a uma subsidiária do grupo de News Corp de Murdoch e alguns dos vídeos que coloca e que são amplamente partilhados nas redes sociais em todo o mundo questionam a existência de uma pandemia e a eficácia das vacinas.

Há três dias, o canal fez uma publicação na qual um apresentador, conhecido pela sua hostilidade às restrições de saúde, criticou a decisão das autoridades de estender o confinamento em Sydney.

A Sky News confirmou que foi temporariamente bloqueada pelo YouTube e um porta-voz afirmou que o canal “apoia discussões e debates sobre uma ampla variedade de tópicos e pontos de vista, o que é vital para qualquer democracia”. “Levamos a sério o nosso compromisso de atender às expectativas da equipa editorial e da comunidade”, acrescentou.

O YouTube tem três tipos de penalidades para violações: a primeira é uma suspensão de uma semana, depois duas semanas para uma ofensa reincidente em 90 dias e, finalmente, uma remoção permanente da plataforma. A plataforma de vídeo do YouTube é propriedade da Alphabet, a empresa-mãe do Google.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

YouTube suspende Sky News Austrália por desinformação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião