Comissão Europeia majora adiantamentos de pagamentos a agricultores

  • Lusa
  • 4 Agosto 2021

Esta medida vai permitir majorar de 50% para 70% os adiantamentos dos pagamentos diretos aos agricultores e para 85% (de 75%) dos pagamentos do desenvolvimento rural.

A Comissão Europeia adotou esta quarta-feira uma medida que permite aos agricultores receberem montantes mais elevados em adiantamentos dos pagamentos da Política Agrícola Comum (PAC) e que se destina aos afetados pela covid-19 e o mau tempo.

Segundo um comunicado, esta medida vai permitir majorar de 50% para 70% os adiantamentos dos pagamentos diretos aos agricultores e para 85% (de 75%) dos pagamentos do desenvolvimento rural.

A Comissão Europeia tem como objetivo apoiar e aumentar o fluxo de caixa dos agricultores afetados pela pandemia de Covid-19 e pelo impacto das condições climatéricas adversas em toda a União Europeia (UE).

Algumas regiões foram profundamente afetadas por inundações, por exemplo.

A esta medida aplicam-se, no entanto, as salvaguardas para proteger o orçamento da UE, sendo que os pagamentos apenas podem ser desembolsados uma vez finalizados os controlos e verificações e a partir de 16 de outubro.

As verbas da PAC são atribuídas sob gestão partilhada entre a Comissão Europeia e os Estados-membros da UE, vigorando sistemas abrangentes de gestão e controlo para assegurar a legalidade e regularidade das despesas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Comissão Europeia majora adiantamentos de pagamentos a agricultores

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião