Salgado quer restituir 10,7 milhões do GES para livrar-se do processo Marquês

  • ECO
  • 8 Agosto 2021

Ricardo Salgado dirigiu um requerimento ao juiz Carlos Alexandre para reaver cauções. Quer restituir 10,7 milhões do BES para tentar pôr fim ao julgamento da Operação Marquês, noticia o CM.

Ricardo Salgado quer pagar os 10,7 milhões de euros que alegadamente desviou do Grupo Espírito Santo (GES) para tentar livrar-se do julgamento por três crimes de abuso de confiança no âmbito da Operação Marquês, avança este domingo o Correio da Manhã (acesso pago).

Segundo aquele diário, o ex-presidente do BES dirigiu um requerimento ao juiz Carlos Alexandre para a revogação das cauções que prestou, em 2015, no âmbito dos processos Monte Branco e Universo Espírito Santo, de 1,5 milhões de euros cada. Ricardo Salgado pretende ainda utilizar o património arrestado pela Justiça: a pensão (1,5 milhões de euros), as contas bancárias na Suíça, (8,5 milhões de euros) e os bens móveis (726 mil euros).

O antigo banqueiro alega que já não subsistem os perigos — fuga e perturbação do inquérito — que justificaram as cauções e sublinha que “jamais se furtou a qualquer diligência judicial.” De acordo com o Correio da Manhã, o juiz Carlos Alexandre só irá apreciar o requerimento após as férias judiciais, em setembro. Mesmo que consiga restituir os 10,7 milhões, a decisão final caberá aos juízes da Operação Marquês.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Salgado quer restituir 10,7 milhões do GES para livrar-se do processo Marquês

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião