easyJet veste tripulação com plástico reciclado

Cada uniforme é composto por 45 garrafas de plástico e será usado por pilotos e tripulação de cabine. Ao final de 5 anos, será evitado o desperdício de cerca de 2.700.000 garrafas de plásticos.

Numa altura que a economia circular está em voga, a easyJet acaba de apresentar um novo uniforme para a tripulação de cabine e pilotos feito com plástico reciclado, que em circunstâncias normais iria parar ao caixote do lixo ou ao oceano. Cada uniforme é composto por 45 garrafas de plástico e irá ser usado pelos colaboradores a partir deste mês.

Além do tecido reduzir o desperdício de plástico é fabricado pela empresa Northern-Ireland através da utilização de fontes de energia renováveis, conferindo-lhe uma pegada de carbono 75% menor do que o poliéster tradicional. Ao final de cinco anos vai ser possível evitar o desperdício de cerca de 2.700.000 garrafas de plástico.

“Estamos muito entusiasmados para estrear este novo uniforme feito de garrafas de plástico reciclado e de o apresentar aos nossos pilotos e colegas de tripulação de cabine. Sabemos que a sustentabilidade é uma questão importante para eles e também para os nossos clientes”, explica Tina Milton, diretora de serviços de cabine da easyJet, citada em comunicado.

Paralelamente, a companhia está a substituir a utilização de plástico incorporado nos uniformes por materiais recicláveis e biodegradáveis, nomeadamente através da substituição das tiras de colarinho (de plástico) por tiras de cartão reciclável e da troca dos clipes de plástico das camisas para clipes de metal.

Com o objetivo de reduzir o plástico a bordo, a easyJet está também a reduzir a utilização de número de artigos descartáveis desta natureza nos seus voos. A companhia apresenta alternativas mais sustentáveis e já removeu mais de 27 milhões de artigos individuais de plástico da operação de retalho a bordo em 2020.

A diretora de serviços de cabine da easyJet destaca que é uma “prioridade para a empresa continuar a trabalhar na redução da pegada de carbono a curto prazo, juntamente com o trabalho a longo prazo para apoiar o desenvolvimento de novas tecnologias, incluindo aviões de emissões zero que aspiram a reduzir radicalmente a pegada de carbono da aviação”.

De acordo com o relatório do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), Breaking the Plastic Wave, atualmente, são despejados nos oceanos 11 milhões de toneladas de plástico todos os anos, sendo o equivalente a um camião de lixo a cada minuto.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

easyJet veste tripulação com plástico reciclado

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião