EDP Renováveis sobe mais de 1% e puxa por Lisboa

Lisboa contraria a tendência registada pelas demais praças europeias e valoriza. EDP Renováveis lidera os ganhos, valorizando mais de 1%, enquanto o BCP impede maiores ganhos do PSI-20.

Lisboa está em alta ligeira. Esta sexta-feira, é a EDP Renováveis que protagoniza os maiores ganhos, valorizando mais de 1%. Já o BCP está no “vermelho”, condicionando o desempenho da praça nacional.

O índice de referência na bolsa lisboeta, o PSI-20, está a valorizar 0,22% para 5.315,290 pontos, mas já esteve a registar perdas, ainda que pouco expressivas. Nas demais praças do Velho Continente, o arranque desta sessão está a ser marcado por quedas, ou seja, Lisboa está agora a contrariar as congéneres. O Stoxx 600 perde 1,47% para 467,45 pontos, o alemão Dax recua 0,21% para 15.733,14 pontos e o espanhol Ibex desce 0,1% para 8.893,10 pontos.

Por cá, é a EDP Renováveis a cotada que mais brilha. Os títulos da energética sobem 1,10% para 22,08 euros. Ainda na energia, os da EDP valorizam 0,38% para 4,773 euros e a Galp Energia está estacionada na linha de água.

A puxar por Lisboa está igualmente a Jerónimo Martins. Os títulos da dona do Pingo Doce avançam 0,64% para 18,165 euros. Também no retalho e em “terreno positivo”, as ações da Sonae somam 0,11% para 0,893 euros.

No “vermelho”, destaque para o BCP, cujas ações recuam 0,88% para 0,1241 euros. Já os títulos dos CTT perdem 1% para 4,435 euros e protagonizam as maiores perdas.

Entre as papeleiras, a tendência também é negativa: as ações da Navigator desvalorizam 0,13% para 5,09 euros e as da Altri recuam 0,68% para 5,09 euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP Renováveis sobe mais de 1% e puxa por Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião