Mais de metade dos portugueses não acredita na eficácia do PRR

  • ECO
  • 31 Agosto 2021

Quase 65% dos inquiridos na sondagem não acredita que o Plano de Recuperação e Resiliência vai ter efeitos importantes no país, face a 20% que se sentem seguros quanto à sua eficácia.

Uma sondagem realizada pela CM/CMTV, em conjunto com o barómetro da Intercampus, mostra que 64,5% dos portugueses não acredita na eficácia do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para mudar significativamente Portugal. Apenas 20% sente-se confiante quanto à capacidade de resposta e benefícios que o PRR trará ao país.

Entre os participantes, 60,05% pensa que o dinheiro vai beneficiar políticos e empresários relacionados com o poder governativo. Há ainda 20% que acredita que o Estado vai receber mais verbas da bazuca europeia e somente 3% considera que o dinheiro vai chegar à população.

Para além disso, há ainda ceticismo quanto à capacidade de Portugal em aplicar as verbas do PRR: 46,7% pensam que o país não o irá conseguir fazer, ao passo que 36,8% está confiante na capacidade de execução, até 2026.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mais de metade dos portugueses não acredita na eficácia do PRR

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião