ANA quer aumentar taxas nos aeroportos em 2022

  • ECO
  • 1 Setembro 2021

Depois de ter reduzido as taxas por causa da pandemia, a gestora dos aeroportos nacionais aponta agora para um aumento da receita de 1,5% comparativamente a este ano.

A ANA – Aeroportos de Portugal quer atualizar as taxas reguladas em todos os aeroportos nacionais no próximo ano, “tendo em vista uma expectável recuperação, progressiva, do tráfego aéreo em 2022”.

De acordo com o Jornal de Negócios (acesso pago), depois de a pandemia ter levado a gestora dos aeroportos nacionais a reduzir as taxas, devolvendo 54 milhões de euros aos seus clientes em 2020 e 2021, quer agora rever os valores em alta, apontando para um aumento da receita de 1,5% comparativamente a este ano.

A proposta vai no sentido de um aumento no valor por passageiro de 44 cêntimos em Lisboa, 49 cêntimos no Porto e 90 cêntimos em Faro, sendo de oito cêntimos nos Açores e 15 cêntimos na Madeira. São aumentos que “estão em linha com o benchmark internacional nos aeroportos da mesma dimensão”, refere a empresa detida pela Vinci.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

ANA quer aumentar taxas nos aeroportos em 2022

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião