Hoje nas notícias: Medicina, taxas moderadoras e IVAucher

  • ECO
  • 2 Setembro 2021

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

Após ter sido conhecido que os descontos do IVAucher passam a ser devolvidos através da conta bancária é revelado que os bancos vão também suportar os custos dos reembolsos. As receitas com as taxas moderadoras caíram para quase metade em 2020. A marcar o dia está ainda a entrevista do ministro do Ensino Superior, que se compromete a criar três novas escolas de Medicina até 2023. Na justiça, o vereador da Câmara Municipal de Lisboa com o pelouro do Urbanismo foi apanhado em escutas onde, alegadamente, se compromete a favorecer projetos que envolvem a Rockbuilding – Soluções Imobiliárias SA.

Custos do IVAucher passam para a banca, que avalia se irá participar

Os custos dos reembolsos do IVAucher aos consumidores vão ser cobertos pelos bancos. Estes têm de decidir se aceitam ou não, mas há ainda quem esteja indeciso. Por exemplo, o Santander está “a avaliar a possibilidade de se integrar no programa, tendo em conta os desenvolvimentos informáticos que tem de assegurar dentro dos prazos mais apertados” e os custos sem compensação que vão recair sobre o banco, disse ao Jornal de Negócios.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (link indisponível).

Receitas das taxas moderadoras caíram quase para metade em 2020

No ano passado, a receita com as taxas moderadoras do Serviço Nacional de Saúde totalizou os 99,6 milhões de euros. Trata-se, portanto, a quase metade do valor arrecadado em 2019, quando tinha ascendido a 178 milhões de euros, bem como ao nível registado em 2011, antes de o Governo PSD e CDS-PP ter decidido duplicar o montante destes pagamentos, no tempo da troika. é expectável que este ano as receitas com as taxas moderadoras voltem a cair.

Leia a notícia completa no Público (acesso pago).

Manuel Heitor quer abrir três novos cursos de Medicina até 2023

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior defende o ensino de proximidade e garante que “a partir de outubro, a oferta de ensino superior será em 134 localidades”, Em entrevista ao Diário de Notícias, Manuel Heitor compromete-se a alargar o ensino e a modernizar o ensino de Medicina, pelo espera ter até 2023 “novas escolas de ensino da Medicina, nomeadamente em Aveiro, Vila Real e na Universidade de Évora”, aponta.

Leia a entrevista completa no Diário de Notícias (acesso livre).

Vereador da Câmara de Lisboa apanhado em escutas

Ricardo Veludo, com o pelouro do Urbanismo na Câmara Municipal de Lisboa, foi apanhado em escutas realizadas pela Polícia Judiciária, onde promete dar prioridade a projetos que envolvem a Rockbuilding – Soluções Imobiliárias SA, um grande promotor imobiliário. Em causa está a investigação realizada no âmbito do projeto da Operação Integrada de Entrecampos que abrange os terrenos da antiga feira popular. Contactados pelo CM, todos os visados negam ter favorecido ou terem dado prioridade aos projetos da promotora.

Leia a notícia completa no Correio da Manhã (acesso pago).

Balsemão ajusta contas com Marcelo, Cavaco e Cristina Ferreira

Francisco Pinto Balsemão, ex-primeiro-ministro e fundador do Grupo Imprensa, no qual se inclui a SIC, onde é presidente do Conselho de Administração, teceu duras críticas a algumas figuras proeminentes na política e na televisão. No seu novo livro “Memórias”, chamou “escorpião” ao atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa e considerou que a ética do ex-Presidente, Cavaco Silva, “não merece boa avaliação”. Mas os seus comentários não se ficaram pelo mundo da política: a Cristina Ferreira, que saiu da SIC para a TVI no ano passado, deixou “a fama e o prestígio subirem-lhe à cabeça”.

Leia a notícia completa na revista Sábado (link indisponível).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Medicina, taxas moderadoras e IVAucher

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião