Consulta passa de 3,99 para 5 euros e internamento reduz em 30 euros. Veja os preços da nova tabela da ADSE

Alguns atos clínicos ficam mais caros para os beneficiários, mas, na generalidade, a percentagem de copagamento cai. Há mais preços fechados e novos serviços incluídos.

Já estão em vigor as novas tabelas do regime convencionado da ADSE, após vários adiamentos e atrasos. Os preços foram revistos e atualizados, sendo que desaparecem também alguns atos e introduzidos novos, nomeadamente na psicologia clínica e na medicina dentária. Há também mudanças nas consultas, que sobem de preço, e nas diárias de internamento, cujo copagamento é reduzido.

Uma das principais mudanças centra-se nas consultas de medicina geral, que passam a ser mais caras, apesar da percentagem suportada pelos beneficiários diminuir ligeiramente. Os prestadores recebiam 18,46 euros (14,47 euros suportado pela ADSE e 3,99 euros pelos beneficiários) e agora recebem 25 euros (20 euros da ADSE e cinco dos beneficiários).

Já na medicina dentária, o copagamento dos beneficiários diminui de 33% para 25%. Há também uma diminuição de 30 euros no copagamento das diárias de internamento. Nas consultas de psicologia também há novidades: passam agora a estar incluídas na tabela, tendo um limite de 12 por ano.

De sinalizar ainda que alguns grupos privados, nomeadamente a Luz Saúde e a CUF, decidiram excluir certos serviços e atos clínicos das convenções e criar uma tabela especial para os beneficiários dos subsistemas em causa, pelo que é melhor verificar quais são as regras nesses hospitais.

Veja aqui todas as tabelas e regras do regime convencionado da ADSE:

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Consulta passa de 3,99 para 5 euros e internamento reduz em 30 euros. Veja os preços da nova tabela da ADSE

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião