PCP diz que “há muito por cumprir” do Orçamento de 2021

  • ECO
  • 4 Setembro 2021

Jerónimo de Sousa considera que "há muito por cumprir" do que ficou acordado no Orçamento do Estado para 2021. Sobre as autárquicas, quer aumento de mandatos e de votos.

O PCP continua a recusar falar do próximo Orçamento enquanto não forem cumpridas as medidas acordadas no passado. À margem da Festa do Avante, Jerónimo de Sousa disse à RTP que ainda “há muita coisa por concretizar” do Orçamento do Estado para 2021 (OE 2021) e que o Governo ainda não revelou as “ideias centrais” do OE 2022 aos comunistas. Assim, os comunistas focam-se em “insistir com aquilo que está por cumprir”.

É de facto um descrédito para a própria Assembleia da República que uma lei da República seja aprovada com conteúdos concretos e depois se frustrem expectativas criadas pelo seu próprio conteúdo“, afirmou o líder do PCP em declarações transmitidas pela RTP, avisando que “há muita coisa por concretizar”. Essa é uma condição para se negociar o próximo Orçamento, assume: “Sem isso não podemos discutir um documento que ainda não existe”.

Relativamente às autárquicas que se realizam a 26 de setembro, Jerónimo de Sousa compromete-se com o objetivo de reforçar o número de mandatos e de votos face às autárquicas de 2017, ano em que o PCP perdeu várias câmaras para o PS. Apesar desta disputa ao nível autárquico, o líder do PCP recusa novamente que haja uma ligação entre este ato eleitoral e as negociações do Orçamento que se seguirão até dia 11 de outubro: “São duas coisas totalmente separáveis”, garantiu.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PCP diz que “há muito por cumprir” do Orçamento de 2021

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião