Hoje nas notícias: Presidentes, compras e alojamento local

  • ECO
  • 13 Setembro 2021

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

Uma análise aos anúncios de alojamento local mostra que, em Lisboa e Porto, só 5.000 imóveis de alojamento local estão efetivamente ativos e a aceitar reservas. João Leão está a descativar menos despesa do que Mário Centeno antes da pandemia. Conheça estas e outras notícias que estão em destaque nos jornais portugueses.

Presidentes de Câmara que se recandidatam têm 15 pontos de vantagem

Os presidentes de Câmara que se recandidatam têm uma vantagem de cerca de 15 pontos percentuais sobre os adversários políticos, logo à partida, revela um estudo feito por uma professora da Universidade de St. Gallen, na Suíça. O estudo mostrou também que, em eleições autárquicas, a pessoa conta mais do que o partido, sendo que “o presidente de Câmara tem tanta visibilidade que o partido pelo qual se candidata acaba por ser irrelevante”, concluiu Mariana Lopes da Fonseca, responsável pelo estudo.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado).

Porto e Lisboa já só têm 5.000 imóveis ativos no alojamento local

Há uma discrepância significativa entre os imóveis inscritos no Registo Nacional de Alojamento Local (RNAL) e os que estão efetivamente a aceitar reservas e hóspedes. No total, são 18.953 imóveis registados em Lisboa e 8.615 imóveis no Porto. Mas analisando os anúncios em plataformas de reserva como o AirBnb e o Booking.com, só se encontram 16.256 anúncios. Entre aqueles que estavam ativamente a aceitar reservas e a registar taxas de ocupação em julho deste ano, contavam-se apenas 5.083 imóveis no conjunto das duas cidades.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado).

João Leão mantém garrote maior do que Mário Centeno

De entre os 2.984 milhões de euros de despesa que precisa da autorização do ministro das Finanças para ser executada, apenas 9% foi descativada até julho deste ano. “A utilização destas dotações de despesa em 2021 situou-se em 268 milhões de euros até julho”, confirmou o relatório da Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO). Ora, comparando o atual ministro com o seu antecessor, João Leão está a libertar menos despesa do que Mário Centeno antes da pandemia. Por exemplo, até julho de 2019, Centeno descativou 11,4% dos 3.000 milhões de euros que tinha sob seu controlo.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

Portugueses gastam 6,5 mil milhões em compras nos super e hipermercados

As compras em super e hipermercados pelas famílias portuguesas aumentaram 2,4% entre janeiro e meio de agosto deste ano em valor, em relação a 2020, o que equivale a 153 milhões de euros a mais, num total de 6.483 milhões de euros. A maior parte do dinheiro foi para compras de mercearia, que este ano cresceram 3%, uma quebra relativamente ao aumento de 10% em 2020, ano em que foi decretado o primeiro confinamento, o que levou os consumidores a optarem por se abastecer em maior quantidade para evitarem ter de sair mais vezes à rua.

Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso livre).

Jerónimo afasta acordos pós-eleitorais com Medina

O secretário-geral do PCP assegura que o partido não fará coligações pós-eleitorais em Lisboa, autarquia onde se recandidata o socialista Fernando Medina, numa coligação PS-Livre. Jerónimo de Sousa critica ainda a postura do BE na capital, considerando que o partido aceitou “condições leoninas em relação a orçamentos, em relação a programas, em relação a medidas de fundo”, um “amarramento” que, para o comunista, “condiciona o próprio Bloco”.

Leia a entrevista completa na Renascença (acesso livre).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Presidentes, compras e alojamento local

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião