Lisboa em alta contraria tendência europeia com ajuda da Galp Energia

O setor da energia impulsiona o desempenho do PSI-20 esta terça-feira, numa sessão em que as bolsas europeias arrancaram a negociar junto da "linha de água".

A bolsa de Lisboa arranca o dia em alta ligeira, prolongando os ganhos da última sessão e contrariando a tendência mais negativa vivida nas congéneres europeias. O índice de referência nacional é impulsionado por ganhos no setor da energia, nomeadamente com as subidas da REN e da Galp Energia.

No arranque da sessão desta terça-feira, o PSI-20 avança 0,35%, para 5.420,50 pontos. Entre as 18 cotadas do índice de referência, a grande maioria encontra-se a negociar no “verde”, com apenas duas a desvalorizar e outras duas inalteradas face à sessão anterior.

A liderar os ganhos em Lisboa encontra-se a REN, que soma 1,39%, para 2,55 euros, bem como a Galp Energia, que avança 1,18%, para 8,21 euros. O desempenho ocorre numa altura em que o preço do barril de petróleo está a valorizar nos mercados internacionais, com o Brent a ganhar 0,67% e o WTI a valorizar 0,71%.

Em “terreno” positivo, destaque também para os CTT, que avançam 1,38%, para 4,785 euros, e para a família EDP, com a casa-mãe a ganhar 0,75%, para 4,86 euros, e a subsidiária EDP Renováveis a subir 0,36%, para 22,54 euros.

Do lado das perdas, encontram-se apenas a Navigator e a Pharol, no início desta sessão na bolsa de Lisboa.

No Velho Continente, as principais bolsas negoceiam junto da “linha de água”, após terem quebrado uma sequência de quedas na última sessão. O índice pan-europeu Stoxx 600 e o alemão DAX abrem inalterados, enquanto o britânico FTSE 100 perde 0,2%, e o francês CAC-40 e o espanhol IBEX-35 recuam 0,1%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lisboa em alta contraria tendência europeia com ajuda da Galp Energia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião