Wall Street no vermelho após dados da inflação

Bolsas de Nova Iorque encerraram com perdas, no dia em que se conheceram os dados da inflação.

Os principais índices de Wall Street encerraram em terreno negativo, apesar dos dados da inflação terem ficado abaixo das previsões negativas dos analistas.

O S&P 500 desvalorizou 0,53%, para 4.445,5 pontos, acompanhado pelo industrial Dow Jones que caiu 0,84%, para 34.577,57 pontos. Contrariando este desempenho esteve o tecnológico Nasdaq ao cair 0,45% para 15.037,8 pontos.

Dados do Departamento do Trabalho publicados esta terça-feira mostram que, em agosto, a inflação subiu 5,3% face ao mês anterior, abaixo dos 5,4% esperados por vários economistas. Apesar de ser um salto significado, foi menor do que o esperado, o que indica que a inflação poderá ter atingido o seu pico. Os dados de julho também indicaram uma ligeira desaceleração no aumento dos preços do consumidor.

Ainda assim, apesar de ter aberto em terreno positivo, Wall Street fechou com perdas. “O que precisamos de ver para apoiar o mercado fundamentalmente é uma redução contínua da inflação sem deterioração das perspetivas económicas”, diz Ann Sonders, estratega-chefe de investimentos da Charles Schwab, citada pela CNBC.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street no vermelho após dados da inflação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião