Iberdrola e Prosolia vão investir 850 milhões no solar na Península Ibérica

Em causa está um investimento conjunto da Iberdrola e da Prosolia numa central em Portugal e quatro parques solares em Espanha.

A Iberdrola e a Prosolia Energy vão investir em conjunto 850 milhões de euros (996 milhões de dólares) em cinco parques solares na Península Ibérica até 2025. O investimento contempla aquela que será uma das maiores centrais de energia da Europa, situada em Portugal, e quatro parques em Espanha.

“Com este acordo, a Iberdrola reforça a estratégia de crescimento em Portugal e a Prosolia Energy avança no objetivo de se tornar um player de referência na transição energética na Europa”, disse Pedro Pestana Aguiar, membro do conselho executivo da Prosolia, em declarações citadas pela Reuters (acesso livre, conteúdo em inglês).

A Iberdrola vai deter 50% do parque solar da Prosolia em Santiago do Cacém, a cerca de 200 quilómetros de Lisboa. O licenciamento e os estudos ambientais já começaram para este parque português, que não vai receber nenhum subsídio, adiantou Pestana Aguiar.

O responsável da Prosolia avançou também que no espaço de Santiago do Cacém também se poderia instalar um parque de baterias de lítio de 257 megawatts para armazenar energia, no entanto, “ainda é prematuro” avaliar exatamente quanto capital adicional seria necessário gastar.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Iberdrola e Prosolia vão investir 850 milhões no solar na Península Ibérica

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião