Daimler junta-se à Stellantis para a construção de ‘gigafactories’ na Europa

  • ECO
  • 24 Setembro 2021

Segundo a Daimler, todo o projeto exigirá mais de sete mil milhões de euros de investimento para atingir "uma capacidade de pelo menos 120 gigawatts por hora na Europa" até ao final da década.

A fabricante de automóveis Daimler vai desenvolver células de bateria para carros elétricos na Europa, juntamente com a sua concorrente Stellantis e a empresa de energia TotalEnergies, revela o Financial Times (acesso pago, conteúdo em inglês).

A empresa alemã disse esta sexta-feira que vai assumir uma participação de 33% na Automotive Cells Company, uma empresa conjunta criada pela Stellantis e TotalEnergies em 2020, que planeia construir gigafactories em França e na Alemanha. A Automotive Cells Company conta já com um apoio financeiro de 1,3 mil milhões de euros dos governos de ambos os países, valor ao qual acrescerá em 2022 o “meio milhão de euros” investido pela Daimler.

Porém, a Daimler apontou que todo o projeto exigirá mais de sete mil milhões de euros de investimento para atingir “uma capacidade de pelo menos 120 gigawatts por hora na Europa” até ao final da década. “Esta nova parceria permite-nos assegurar o fornecimento, tirar partido das economias de escala e fornecer aos nossos clientes uma tecnologia de baterias superior”, disse o diretor executivo da empresa alemã, Ola Kallenius.

Por seu lado, a Mercedes-Benz anunciou que se vai tornar acionista do grupo Automotive Cells Company (ACC), formado pela Stellantis e TotalEnergie para o fabrico de baterias. A empresa alemã vai ficar com uma participação de 33% na francesa ACC, avança o Les Echos (acesso livre, conteúdo em francês). Em cima da mesa está um investimento de cerca de mil milhões de euros nos próximos anos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Daimler junta-se à Stellantis para a construção de ‘gigafactories’ na Europa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião