Instagram suspende criação da versão “kids”, após críticas

  • ECO
  • 27 Setembro 2021

Após várias críticas, o Facebook anunciou que suspendeu o desenvolvimento do "Instagram Kids", rede social dirigida a crianças com menos de 13 anos.

O Facebook anunciou esta segunda-feira que interrompeu o desenvolvimento do “Instagram Kids”, rede social dirigida a crianças com menos de 13 anos, após fortes críticas.

Esta decisão surge após ter sido relevada uma investigação do The Wall Street Journal, que revela que a empresa liderada por Mark Zuckerberg sabe em grande detalhe que as suas plataformas têm falhas e que o Instagram tinha efeitos severos na saúde mental dos adolescentes.

Nesse sentido, o Facebook aponta que deseja construir um Instagram destinado a estes jovens que seja uma “experiência mais apropriada para a idade”, pelo que vai adiar o lançamento. “Isso nos dará mais tempo para trabalhar com pais, especialistas, legisladores e reguladores, para ouvir as suas preocupações e demonstrar o valor e a importância deste projeto para os adolescentes”, explicou Adam Mosseri, responsável por esta rede social, no blog oficial da empresa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Instagram suspende criação da versão “kids”, após críticas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião