Costa agradece a Gouveia e Melo por uma “missão espinhosa coroada de sucesso”

A "task force" que foi responsável, nos últimos meses, pelo processo de vacinação contra a Covid-19 vai ser extinta. "A missão está terminada", disse o vice-almirante Gouveia e Melo.

A task force que foi responsável, nos últimos meses, pelo processo de vacinação contra a Covid-19 vai ser extinta. Portugal já está “a caminho” dos 85% da população residente com duas doses da vacina contra o vírus pandémico, daí que o vice-almirante Gouveia e Melo tenha dito, esta terça-feira, considerar que a sua missão já está terminada. Os centros de vacinação continuarão, contudo, em funcionamento.

“A missão que me entregaram está terminada e, portanto, agora fica um núcleo a fazer a transição“, disse o responsável da task force, no remate do ponto da situação da vacinação que esteve a apresentar, esta manhã, ao Executivo.

O responsável detalhou que a equipa que liderou nos últimos meses vai ser extinta e passará a haver um grupo nuclear, com três braços, que coordenará a vacinação contra a gripe e contra a Covid-19 (por exemplo, a administração de terceiras doses) e estará a trabalhar diretamente para o Ministério da Saúde. O principal desafio desse núcleo será “conjugar dois agentes” que obrigam a um intervalo de 14 dias entre si, isto é, a vacina contra a Covid-19 e a vacina contra a gripe.

O primeiro-ministro tomou, de seguida, a palavra, salientando o “contributo fundamental” do vice-almirante Henrique Gouveia e Melo e da sua equipa. António Costa desejou ao responsável em causa felicidades e disse esperar que “agora tenha águas mais safas e de melhor feição” do que as que teve de enfrentar e depois de “coroado de sucesso” a “missão espinhosa” que foi a vacinação contra a Covid-19.

O chefe do Governo terminou a sua intervenção afirmando que o sucesso português na vacinação contra o vírus pandémico é “motivo de orgulho para todos os portugueses”. “Isto reforça a autoestima do país, o orgulho do país. É sempre bom saber que neste processo fomos os melhores do mundo”, afirmou António Costa.

(Notícia atualizada às 10h29)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Costa agradece a Gouveia e Melo por uma “missão espinhosa coroada de sucesso”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião