Mulheres nas tech? Estas são as 15 melhores empresas para trabalhar

ADP, The New York Times Company e Dev Technology Group foram as companhias vencedoras, segundo a organização AnitaB.org.

As mulheres continuam a estar sub-representadas no mundo das tech. A evolução tem sido lenta e até um pouco desanimadora, de acordo com os dados mais recentes da OCDE e também do Eurostat, mas há empresas que são verdadeiros exemplos de diversidade de género. Estas são as 15 melhores empresas para as mulheres trabalharem em tecnologia, segundo o relatório “2021 Top Companies for Women Technologists”, da AnitaB.org.

“A ADP foi nomeada a melhor empresa entre as que têm mais de 10.000 pessoas (num universo de 14 grandes empresas); a The New York Times Company foi nomeada a vencedora entre 29 empresas com 1.000 a 10.000 pessoas; e a Dev Technology Group foi nomeada a vencedora entre as empresas mais pequenas, com menos de 1.000 pessoas”, lê-se na CNBC, que divulga o relatório da organização focada na diversidade de género intersetorial e na paridade salarial na tecnologia.

Além das grandes vencedoras, a AnitaB.org reconhece ainda as companhias que lideram cada uma das três categorias avaliadas, baseadas na dimensão da equipa tecnológica da empresa. Conheça o top 15 completo:

Empresas com mais de 10.000 colaboradores:

Vencedora:

  • ADP

Líderes:

  • Accenture
  • Citigroup, Inc.
  • Wells Fargo & Company

Empresas com 1.000 a 10.000 colaboradores:

Vencedora:

  • The New York Times Company

Líderes:

  • Airbnb
  • Experian
  • Lilly
  • New York Life
  • PwC
  • Target
  • UKG (Ultimate Kronos Group)

Empresas com menos de 1.000 colaboradores:

Vencedora:

  • Dev Technology Group

Líderes:

  • HP Inc.
  • Morningstar Inc.

“Grandes tecnológicas como a Apple, o Facebook, a Netflix ou a Google — que têm sido alvo de críticas por não fazerem o suficiente pela promoção da diversidade — não participaram no inquérito”, lê-se na publicação.

O relatório “2021 Top Companies for Women Technologists” analisou 56 empresas de tecnologia e mais de 552.000 profissionais tech, entre janeiro e dezembro de 2020. As organizações foram pontuadas com base na representação das mulheres na empresa, bem como na contratação, retenção e promoção da diversidade de género.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mulheres nas tech? Estas são as 15 melhores empresas para trabalhar

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião