Escassez de chips obriga três fabricantes automóveis a suspender produção na Alemanha

Opel, Volkswagen e Ford vão encerrar temporariamente algumas fábricas que têm na Alemanha devido à escassez de semicondutores.

Três fabricantes de automóveis alemãs anunciaram esta quinta-feira mais encerramentos temporários na Alemanha, e tudo devido à escassez mundial de chips, que continua a persistir. De acordo com a AFP, o maior encerramento até ao momento é da Opel, que vai acontecer em 2022.

A indústria automóvel da Alemanha tem sido severamente afetada por problemas de abastecimento este ano, com as fábricas da Volkswagen, Ford, BMW e Daimler a enfrentarem paragens de produção. O setor encontra-se numa “situação excecional devido à pandemia e à escassez mundial de semicondutores”, diz um porta-voz da Opel [propriedade da Stellantis]. “Nesta situação exigente, a Stellantis planeia ajustar a sua produção”.

A fábrica da Opel, em Eisenach, no centro da Alemanha, vai interromper a produção a partir da próxima semana e “começará novamente no início de 2022”, assim que “a situação da cadeia de abastecimento permitir”.

A Volkswagen também anunciou esta quinta-feira uma paralisação de quase duas semanas na fábrica principal, em Wolfsburg, já na próxima semana, depois de uma primeira paragem em agosto. A gigante norte-americana Ford vai adiar o reinício da unidade de produção em Colónia para o final do mês, justificando com o fornecimento “volátil” de chips, que são componentes cruciais, tanto para veículos convencionais como para elétricos.

Fora da Alemanha, a General Motors já encerrou linhas de fabrico nos Estados Unidos, assim como a gigante japonesa Toyota, que atrasou os planos de reiniciar a fábrica em Valenciennes, na França, em setembro.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Escassez de chips obriga três fabricantes automóveis a suspender produção na Alemanha

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião