Há mais um efeito secundário raro da vacina da Janssen

  • ECO
  • 1 Outubro 2021

A Agência Europeia do Medicamento concluiu que há uma possível ligação entre casos raros de tromboembolismo venoso e a administração da vacina da Janssen contra a Covid-19.

A Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla em inglês) concluiu que há uma possível ligação entre casos raros de tromboembolismo venoso e administração da vacina da Janssen contra a Covid-19.

O comité de segurança da EMA (PRAC) recomenda “acrescentar o TEV [tromboembolismo venoso] como um efeito adverso raro da vacina da Janssen contra a Covid nas informações sobre o medicamento“, informa o regulador, em comunicado, divulgado esta sexta-feira.

O tromboembolismo venoso surge quando um coágulo sanguíneo bloqueia uma veia, algo que acontece mais frequentemente nas pernas, braço ou virilha, “e pode viajar até aos pulmões causando um bloqueio no fornecimento do sangue”, que pode ter consequências fatais, explica a entidade liderada por Emer Cooke.

Esta condição estava já a ser analisada pelo regulador europeu, após terem sido registados alguns casos em pessoas vacinadas com a vacina da Janssen “numa proporção superior” aos que tinham sido registados no grupo placebo nos ensaios clínicos que serviram de base para aprovar a vacina. Não obstante, a EMA sinaliza ainda que foram realizados novos estudos em que não foi registado um “aumento de eventos tromboembólicos venosos entre os indivíduos que receberam a vacina da Janssen”.

Neste contexto, ao analisar “todas as evidências o comité de segurança da EMA “o comité concluiu que há uma possibilidade razoável de que os casos raros de TEV estejam relacionados com a vacinação da vacina da Janssen”, conclui o documento.

Recorde-se que em abril, o regulador europeu já tinha concluído há uma possível relação entre a formação de coágulos sanguíneos e a administração da vacina da Janssen contra a Covid-19. Nesse contexto é à semelhança do que aconteceu com a vacina da AstraZeneca, a EMA afirmou que estes efeitos colaterais devem ser incluídos na lista de efeitos adversos, mas sublinha que os benefícios superam os riscos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Há mais um efeito secundário raro da vacina da Janssen

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião