IRS Jovem deixa de ter limite máximo de rendimentos

Governo vai estender por mais cinco anos o IRS Jovem, permitindo uma poupança de "cerca de um salário completo" no prazo de cinco anos. Medida vai ser alargada aos trabalhadores independentes.

O Governo decidiu mudar o IRS Jovem no próximo ano, estendendo o programa até cinco anos e incluindo os trabalhadores independentes. Esta alteração, de acordo com as contas do Executivo, vai permitir uma poupança equivalente a “cerca de um salário completo” ao fim desses cinco anos. A medida está prevista no Orçamento do Estado para 2022 (OE2022).

O primeiro-ministro já tinha anunciado que pretendia estender de três para cinco anos o IRS Jovem e isso acabou mesmo por estar consagrado na proposta que deu entrada esta segunda-feira na Assembleia. Além disso, o IRS Jovem fica disponível para jovens com idades entre os 18 e os 26 anos ou 28 anos no caso de doutoramentos.

No âmbito deste alargamento, o Governo propõe ainda incluir os rendimentos empresariais e profissionais e também eliminar o limite máximo de rendimento para aplicação da isenção, refere o relatório do OE2022, que pode ser consultado aqui. Até aqui, o IRS Jovem estava elegível apenas para jovens com um rendimento coletável máximo de 25.075 euros.

“Quem tenha entre 18 e 26 anos (ou 28, no caso de doutoramento) e qualificações de nível 4 (curso profissional) ou superior ficará parcialmente isento de IRS em 30%, 30%, 20%, 20% e 10% nos cinco primeiros anos de rendimentos imediatamente após a conclusão dos seus estudos, o que no conjunto permitirá poupar cerca de um salário completo”, lê-se no site onde se podem consultar a proposta do OE2022.

Simulações feitas pelo Governo quanto à poupança que o IRS Jovem permitirá.

Com a extensão deste programa, será possível aos jovens pouparem até “cerca de um salário completo”, diz o Governo.

De acordo com as simulações do Executivo, um jovem solteiro, sem dependentes, com um rendimento bruto anual de 10.500 euros, conseguirá ter uma poupança anual média de 335 euros, num total de 1.675 euros. No caso do mesmo jovem ter um rendimento bruto anual de 30.000 euros poderá poupar 3.059 euros em cinco anos.

(Notícia atualizada às 1h12 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

IRS Jovem deixa de ter limite máximo de rendimentos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião