Sucessora de Alitalia já procura novo acionista

  • Joana Abrantes Gomes
  • 15 Outubro 2021

A Italia Trasporto Aereo, sucessora da Alitalia, espera encontrar um novo acionista até ao fim do próximo ano, estando já em curso discussões com a Delta Air Lines, dos EUA, para uma possível aliança.

A Italia Trasporto Aereo, que sucede à Alitalia enquanto companhia aérea estatal de Itália, está à procura de uma grande transportadora para acionista. O presidente da empresa, Alfredo Altavilla, espera concretizar um acordo “até ao final de 2022”, revela a Bloomberg.

A nova companhia aérea italiana iniciou atividade esta sexta-feira após o encerramento da sua antecessora, mas é demasiado pequena para sobreviver como empresa autónoma. Segundo Altavilla, a gestão atual da transportadora está a ser feita de uma forma que a tornará atrativa para grandes grupos de companhias aéreas ou da Europa ou de outra região, como os Estados Unidos. “Não quero certamente ir além” do próximo ano para fechar um acordo, acrescentou.

Altavilla disse ter sido abordado por todas as principais transportadoras aéreas da Europa e pela Delta Air Lines dos EUA. O CEO desta última, Ed Bastian, disse este mês que estão a decorrer discussões sobre uma possível aliança. Ao mesmo tempo, uma porta-voz da companhia alemã Deutsche Lufthansa AG afirmou continuar interessada numa parceria comercial. O grupo aéreo alemão está impedido de comprar mais de 10% de outra companhia aérea até ter reembolsado a totalidade dos seus 9 mil milhões de euros (10,4 mil milhões de dólares) de ajuda estatal, um processo que pretende concluir até ao final do ano.

Este plano tem estado em cima da mesa desde que o Governo italiano, liderado por Mario Draghi, contactou Alfredo Altavilla para liderar a nova companhia aérea, designada ITA Airways. A nova marca destina-se a assinalar uma rutura com o passado da Alitalia.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Sucessora de Alitalia já procura novo acionista

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião