Luxemburgo: Cheias de julho declaradas maior desastre natural de sempre para os seguros

  • ECO Seguros
  • 19 Outubro 2021

Mau tempo que atingiu diversos países da Europa em julho representou, no Luxemburgo, custo estimado de 125 milhões de euros para as seguradoras.

As inundações de julho, que assolaram parte da Europa, foram declaradas “catástrofe natural mais cara de sempre na história dos seguros” luxemburgueses.

A fatura dos danos causados pelas chuvas torrenciais de 14 e 15 de julho ascende a mais de 125 milhões de euros, ultrapassando estimativas anteriores do governo do Grão-Ducado (cerca de 100 milhões) e da associação de seguradores (AAA-Association d’Assurance Accident), que reviram em alta cifra anterior de 120 milhões de euros.

Com a atualização dos cálculos dos custos das intempéries, a associação indicou que recebeu 6 500 pedidos de indemnização por danos em casas e empresas, e 1.300 por estragos causados em veículos, considerando-se que grande parte dos bens danificados se encontra em estado irrecuperável.

Até 15 de outubro, 6 300 participações de seguro tinham sido atendidas e cerca de 80% dos sinistros de veículos tinham sido pagos na totalidade, enquanto 85% dos sinistros domésticos e comerciais tinham sido satisfeitos, embora com adiantamentos parciais nos processos ainda em curso, avançou a associação de seguros. Nos processos pendentes de encerrar, a demora relaciona-se com avaliações e peritagens mais complexas, ou por dificuldades logísticas associados à reparação imediata de danos materiais.

Ainda, a ACA recomendou os tomadores de seguros para que revejam, junto das seguradoras e agências de seguros, as garantias de que beneficiam face a alterações climáticas e maior frequência de eventos meteorológicos extremos que tendem a agravar-se no futuro.

Os serviços de meteorologia do Grão-Ducado referem que os níveis pluviométricos verificados a meio de julho constituem um recorde desde 1854, em algumas partes do Luxemburgo igualando níveis já registados em 1931.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Luxemburgo: Cheias de julho declaradas maior desastre natural de sempre para os seguros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião