Galp pesa em Lisboa após resultados, mas BCP ampara índice

A bolsa de Lisboa arrancou com ganhos ligeiros. A Galp Energia está a pressionar o índice depois de apresentar contas do terceiro trimestre, mas a subida dos títulos do BCP ampara o principal índice.

A bolsa de Lisboa arrancou a semana pouco alterada face à sessão nateiro, num dia em que as congéneres europeias registam ganhos ligeiros. A Galp Energia está a pesar no desempenho da praça portuguesa.

Enquanto o PSI-20 sobe 0,10%, para 5.779,61 pontos, a petrolífera nacional regista alguma volatilidade, depois de ter apresentado resultados. Os títulos da empresa chegaram a cair 1,96% no início da sessão, perdendo agora 0,47%, para 9,75 euros. A cotada apresentou um lucro de 327 milhões de euros até setembro deste ano, uma melhoria face aos prejuízos de 45 milhões registados no mesmo período do ano passado (numa base RCA). Assumindo, porém, a norma contabilística IFRS, a Galp registou prejuízos de 102 milhões no mesmo período.

A EDP Renováveis recua 1,01%, para 23,60 euros. A empresa anunciou esta segunda-feira que assegurou um Contrato de Aquisição de Energia de 15 anos para projeto no Brasil, num investimento em conjunto entre a EDP Renováveis e a EDP Brasil.

Nos ganhos, destaca-se a Navigator, que avança 1,76%, para 3,236 euros, bem como o BCP, que soma 1,34%, para 15,93 cêntimos, amparando o principal índice nacional. Nota ainda para os títulos da Greenvolt, que sobem 2,06%, para 6,94 euros.

Pela Europa, o dia nos mercados é de ganhos modestos, sendo que o Stoxx 600 valoriza 0,2% neste início de sessão. Entre as principais praças do Velho Continente, o alemão DAX ganha 0,1%, o francês CAC-40 sobe 0,2%, bem como o espanhol IBEX, e o britânico FTSE 100 avança 0,4%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Galp pesa em Lisboa após resultados, mas BCP ampara índice

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião